Mancini lamenta oscilação do Timão em derrota: 'Caímos na etapa final'

LANCE!
·1 minuto de leitura


O técnico Vagner Mancini lamentou a oscilação da equipe do Corinthians na derrota de virada para o Atlético-MG, por 2 a 1, na Neo Química Arena, neste sábado (14). Para o treinador, essa inconstância está fazendo a diferença nas partidas. Ainda assim, o comandante diz ver evolução na equipe.

VEJA A TABELA DO BRASILEIRÃO

- Caímos no segundo tempo porque a intensidade do primeiro tempo foi muito forte. E não estamos no ponto de conseguir manter ainda, mas vamos chegar lá. Jogo a jogo estamos mostrando evolução. Hoje, em relação ao que cheguei, já tivemos mais tempo de intensidade. Ainda não está bom, dá pra repetir o primeiro tempo no segundo, eu ainda não estou feliz - afirmou o técnico, em entrevista coletiva após a partida.

O comandante alvinegro também lamentou os desfalques de última hora da equipe, como Jô e Mateus Vital, diagnosticados com Covid-19 na sexta (13).

- A dificuldade maior foi em cima do que fizemos ao longo da semana. O Jô voltou na segunda e fizemos todos os treinamentos com ele, e, de repente, ele não pode entrar em campo por causa da Covid-19. A maior dificuldade hoje é a mesma de antes. Fazer um time que vinha jogando com estímulos diferentes, então dentro do mesmo campeonato e temporada, mudar a forma da equipe jogar, pra que seja equipe forte, transição rápida, precisa de tempo. Essa é a minha maior dificuldade, mas eu vejo uma evolução, eles já sabem o que precisa ser feito e estão entendendo - finalizou.

Agora, o Timão se prepara para enfrentar o Grêmio, em casa, no próximo domingo (22), às 20h30, também pelo Campeonato Brasileiro.