Mancini garante que Corinthians oferecerá resistência a candidatos ao título brasileiro

Fábio Lázaro
·2 minuto de leitura


Em busca de uma vaga na próxima edição da Conmebol Libertadores, ainda que na sua fase pré, o Corinthians pode ser o fiel da balança na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro. Isso, porque o Timão enfrenta o líder Internacional e o vice-líder Flamengo em dois dos seus últimos quatro compromissos pela competição.

O técnico Vagner Mancini garante que tanto os flamenguistas, quanto os colorados não devem esperar vida fácil nos confrontos.

> Veja a classificação do Brasileirão e simule os próximos jogos

- Sim, o Corinthians pode influenciar esse título porque tem a oportunidade de jogar diante do Flamengo e Inter, os dois jogando fora de casa, e, é obvio, que essas equipes que estão brigando em cima vão encontrar uma equipe que vai oferecer resistência, porque nós sabemos o quanto é importante, até porque ainda brigamos por uma oitava vaga - disse o treinador corintiano em entrevista coletiva virtual após o empate em 3 a 3 contra o Athletico-PR, na noite desta quarta-feira (10), pela 35ª rodada do Brasileirão., na Neo Química Arena.

Atualmente, apenas um ponto separa o Inter do Flamengo. O Timão já enfrenta o Rubro-Negro neste domingo (14), às 16h, no estádio do Maracanã, pela 36ª rodada do Brasileirão. Já o encontro diante da equipe gaúcha acontecerá na última partida da competição para as duas equipes, no dia 25 de fevereiro, às 21h30, também fora dos domínios corintianos, no Beira Rio, em Porto Alegre.

Fla e Internacional são justamente duas das grandes rivalidades interestaduais que o Timão possui. O embate com o time carioca é histórico e muito tem a ver com a briga que as duas equipes possuem para saber quem tem a maior torcida do Brasil, enquanto com o Colorado o antagonismo se aflorou em 2005, quando as duas equipes disputaram rodada a rodada o título brasileiro, em um ano que ficou marcado pela remarcação de jogos envolvidos na chamada "Máfia do Apito", bem como o erro do árbitro Márcio Rezende de Freitas no confronto direto entre paulistas e gaúchos, onde o Tinga sofreu pênalti de Fábio Costa, que não foi marcado, e o meia colorado ainda foi expulso por simulação.

Além dos jogos contra os postulantes ao título brasileiro, o Corinthians encara o Santos, na próxima quarta-feira (17), às 20h, na Vila Belmiro, em jogo atrasado da 33ª rodada do Brasileirão, quando o Peixe disputava a final da Libertadores, e Vasco da Gama, no dia 21 de fevereiro, às 16h, único jogo da sequência que o Timão jogará em casa. Por sua vez, o Cruz-Maltino atualmente é o primeiro time na zona do rebaixamento e o diante do Timão, na penúltima rodada, tende a jogar a sua sobrevivência na elite do futebol nacional.

Mancini - Coletiva Corinthians
Mancini - Coletiva Corinthians

(Foto: Reprodução/Corinthians TV)