Mancini fala de frustração por derrota do América-MG e critica arbitragem

América-MG segue na busca por uma vaga na Libertadores - (FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)


Com a derrota por 2 a 1 para o Palmeiras na última quarta-feira, pelo Brasileirão, o América-MG terá uma vida mais complicada para garantir a vaga na Libertadores de 2023. Após a partida, o técnico Vagner Mancini lamentou o empate, e criticou a arbitragem do jogo.

- Hoje a gente sai chateados, lamentando muito esse ponto perdido. (...) Eu acho que o mais justo seria o empate. Diante daquilo que foi o jogo, do primeiro tempo ser mais favorável ao América e o segundo tempo ser favorável ao Palmeiras, eu acredito que o empate ficaria mais justo.

O América-MG saiu na frente, mas levou a virada do Palmeiras na Allianz Arena. O primeiro gol do Palmeiras foi marcado de pênalti por Gustavo Scarpa. Vagner Mancini criticou a marcação da jogada, e disse acreditar que não tenha havido a penalidade máxima de Alê sobre Marcos Rocha.

- O Alê acaba pisando levemente no pé do Marcos Rocha. Realmente há o contato, mas não o suficiente para que o Marcos Rocha caia, e que seja assinalado o pênalti. Ao meu ver, o árbitro foi extremamente rigoroso.