Manchester United anuncia saída de Cristiano Ronaldo

O atacante Cristiano Ronaldo, atualmente no Catar para a disputa da Copa do Mundo pela seleção de Portugal, deixou o Manchester United "em comum acordo, com efeito imediato", anunciou nesta terça-feira o clube inglês em um comunicado.

"O clube agradece por sua imensa contribuição ao longo de suas duas passagens por Old Trafford, marcando 145 gol em 346 jogos, e deseja a ele, assim como a sua família, um bom futuro", acrescentou a nota dos 'Red Devils' sobre a saída do astro de 37 anos, que recentemente criticou o treinador Erik ten Hag e os dirigentes do clube em uma entrevista ao canal TalkTV.

"Não tenho respeito por ele (Ten Hag) porque ele não mostra nenhum respeito por mim", disse Cristiano ao apresentador inglês Piers Morgan.

Além disso, o cinco vezes Bola de Ouro afirmou que se sentia "traído" pelo clube.

O ex-jogador do Real Madrid e da Juventus, tinha afirmado também que a família Glazer, proprietária do Manchester United, estava mais preocupada em gerar lucros do que com os resultados esportivos.

Cristiano inclusive se referiu a seus ex-companheiros de equipe Gary Neville e Wayne Rooney, dizendo que eles "não são (seus) amigos", depois das recentes críticas dos dois ídolos do United.

"Todos no Manchester United continuam concentrados em manter o progresso da equipe sob o comando de Erik ten Hag e em trabalhar juntos para conseguir o sucesso em campo", acrescenta o comunicado do clube.

Depois de uma primeira passagem com três títulos da Premier League e uma Champions entre 2003 e 2009, sob a batuta de Alex Ferguson, Cristiano Ronaldo voltou a Old Trafford no ano passado.

Mas a não classificação para a Liga dos Campeões ao término da temporada 2021/222, e depois seus poucos minutos em campo nos últimos meses, afetaram sua segunda passagem por Manchester.

jde/iga/psr/mcd/cb