Manchester City repete placar sobre Mönchengaldbach e vai às quartas da Liga dos Campeões

·4 minuto de leitura
Jogadores do Manchester City celebram gol do belga Kevin De Bruyne na partida contra o Borussia Monchengladbach, pela Liga dos Campeões

O Manchester City repetiu o placar do primeiro encontro com o alemão Borussia Mönchengaldbach ao vencer por 2 a 0, nesta terça-feira, na partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, e com este resultado avança à próxima fase.

Atuando novamente na Puskás Arena, em Budapeste, na Hungria, local do jogo de ida por conta das restrições de combate à covid-19, os ingleses construíram a vitória no primeiro tempo, com atacante belga De Bruyne balançando as redes aos 12 minutos e o volante alemão Gündogan ampliando logo em seguida (18).

No primeiro confronto, a equipe de Manchester estabeleceu a vantagem com gols do atacante brasileiro Gabriel Jesus e do meia português Bernardo Silva.

- Vinte minutos e dois gols -

Na capital húngara, se o Mönchengaldbach, que ocupa a 10ª posição no Campeonato Alemão, tinha alguma esperança de classificação, ela começou a ir por terra nos minutos iniciais deste confronto.

Depois do atacante Foden obrigar o goleiro suíço Yann Sommer a espalmar uma bola que tinha endereço certo, no minuto 6, pouco depois De Bruyne recebeu um passe açucarado de Mahrez na entrada da área e soltou uma bomba de esquerda para estufar a rede adversária, marcando o gol de número 100 do City nesta temporada (12).

E não demorou muito para vir o golpe de misericórdia da equipe da cidade de Manchester. Em um contra-ataque em velocidade puxado por Phil Foden, Gündogan recebeu na entrada da área e tocou na saída de Sommer (18).

De Bruyne poderia ter dado aos mandantes do confronto uma vantagem ainda maior antes do intervalo, quando, em uma cobrança de falta, obrigou Sommer a fazer uma grande defesa (35).

Com tudo decidido no primeiro tempo, as duas equipes diminuíram o ritmo, e os lances de perigo não surgiram na etapa final.

Graças a este resultado, o líder do Campeonato Inglês passa para a próxima fase do torneio continental ao lado de Liverpool, PSG, Borussia Dortmund, Porto e Real Madrid, que também jogou nesta terça e derrotou a Atalanta por 3 a 1.

As duas últimas vagas serão definidas nesta quarta, quando o Bayern de Munique recebe a Lazio, após vitória de 4 a 1 para os alemães, e o Chelsea joga em casa com o Atlético de Madrid, depois de vencer por 1 a 0 na Espanha.

- Ficha técnica da partida de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões:

Manchester City - Borussia Mönchengladbach 2 - 0 (2-0 na ida)

Estádio: Puskás Aréna (Budapeste)

Público: sem público

Árbitro: Sergei Karasev (RUS)

Gols:

Manchester City: De Bruyne (12), Gündogan (18)

Cartões amarelos:

Manchester City: Cancelo (55), Fernandinho (82)

B. Mönchengladbach: Lainer (61)

Equipes:

Manchester City: Ederson - Kyle Walker, John Stones, Rúben Dias (Aymeric Laporte 70), Joao Cancelo (Oleksandr Zinchenko 64) - Bernardo Silva (Sergio Agüero 75), Rodrigo Hernández (Fernandinho 63), Ilkay Gündogan (Raheem Sterling 70), Kevin De Bruyne (cap) - Riyad Mahrez, Phil Foden. T: Josep Guardiola.

B. Mönchengladbach: Yann Sommer - Stefan Lainer, Matthias Ginter, Nico Elvedi (Tony Jantschke 88), Rami Bensebaini (Oscar Wendt 88) - Denis Zakaria, Lars Stindl (cap) (Ibrahima Traoré 80) - Jonas Hofmann, Florian Neuhaus - Breel Embolo (Hannes Wolf 65), Marcus Thuram (Alassane Pléa 65). T: Marco Rose.

El líder de la Premier League se une así a Liverpool, París SG, Borussia Dortmund, Oporto y Real Madrid, que también logró el pase este martes tras ganar 3-1 al Atalanta.

Si el 'Gladbach', que deambula por la mitad de la tabla de la Bundesliga (10º), albergaba alguna esperanza de remontada, De Bruyne acabó con ella cuando conectó un zapatazo de zurda desde la frontal del área que se coló por la escuadra del arco defendido por el suizo Yann Sommer (12).

De baja mucho tiempo esta temporada por lesión, era el primero gol del talentoso belga esta temporada en la Liga de Campeones.

Y poco después llegó la puntilla, en una rápida contra llevada por Phil Foden, que pasó a Gündogan para que el alemán superara la salida de Sommer (18).

De Bruyne podría haber dado incluso una ventaja mayor a los 'Citizens', en un golpe franco directo que. esta ver sí, Sommer logró desviar a córner (35).

Sin tener el dominio de la pelota, los alemanes apenas amenazaron el arco defendido por el brasileño Ederson y fue el suizo Breel Embolo el que más cerca estuvo de marcar, pero su disparo cruzado se marchó pegado al palo (41).

Con todo decidido en la eliminatoria, la segunda parte se convirtió en un trámite, con ambos equipos guardando fuerzas para lo que les resta de temporada.

hap/bvo/fbx/mcd