Manchester City entra com apelo contra decisão da Uefa no CAS


A Corte Arbitral do Esporte (CAS) registrou o apelo do Manchester City contra a Uefa pela decisão tomada pela instituição europeia que baniu o clube inglês de participar da Liga dos Campeões pelas próximas duas temporadas. Dessa forma, os Sky Blues devem esperar o resultado que não tem prazo para ser julgado.

A partir de agora, o CAS irá convocar um grupo de juízes para poderem analisar o pedido do Manchester City. Após a formação de um painel de jurados, uma audiência será convocada e a após este processo, uma deliberação e uma emissão do resultado será feita pela instituição máxima do esporte.

ENTENDA O CASO

A Uefa anunciou a punição ao City. O clube foi considerado culpado por ter informado, de forma falsa, os valores de seus patrocínios, entre 2012 e 2016, apresentados à Uefa em um processo que teve documentos vazados pela revista alemã 'Der Spiegel', em 2018.

Os documentos vazados mostravam que o proprietário do City, Sheik Mansour bin Zayed Al Nahyan, estava financiando o patrocínio de 67,5 milhões de libras (cerca de R$ 380 milhões) da camisa, estádio e as divisões de base através da companhia aérea de seu país, Etihad.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também