Manaus recebe amistosos das Seleções de vôlei

A capital do Amazonas também sediará uma das etapas da próxima temporada do Circuito Brasileiro de vôlei de praia

Após o sucesso de público em três partidas da Superliga, com média de cinco mil torcedores por jogo, Manaus receberá as Seleções Brasileiras feminina e masculina de vôlei para dois amistosos preparatórios para a temporada. A capital amazonense também será palco de uma etapa da do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia.

A primeira a desembarcar me Manaus será a equipe comandada por José Roberto Guimarães. As meninas encaram a República Dominicana no dia 30 de maio, às 20h. Já o time masculino, agora sob o comando de Renan Dal Zotto, encara os Estados Unidos no dia 15 de agosto, também às 20h. Ambas as partidas serão disputadas na Arena Amadeu Teixeira. A etapa do Circuito Brasileiro será na praia de Ponta Negra, às margens do Rio Negro, entre os dias 15 e 19 de novembro.

O anúncio aconteceu nesta terça-feira, em evento organizado pela Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer do Amazonas (SEJEL) e pela Federação Amazonense de Voleibol (FAV), e contou com a presença do Diretor Executivo da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Ricardo Trade. Também estiveram presentes o presidente da Federação Amazonense, Tadeu Walgren, e o titular da SEJEL, Fabrício Lima.

Ricardo Trade destacou que os eventos em Manaus fazem parte de uma política da entidade em levar o esporte para todas as regiões do país. Segundo ele, a estrutura encontrada em Manaus e o apoio da população nos eventos anteriores foram pontos relevantes para agendar os eventos na capital amazonense.

- O Amazonas terá aqui, nos próximos meses, o melhor do vôlei. Teremos adversários de renome, principalmente os Estados Unidos, que nos fazem melhorar como Seleção. O nosso circuito de vôlei de praia, por exemplo, é o melhor do mundo tanto em relação a premiações quanto a jogadores. Nossa intenção é levar o esporte para todo o Brasil. Estamos felizes com as parcerias fechadas e posso dizer desde já que o nosso vôlei, com apoio dos nossos patrocinadores, está pronto para os treinamentos e o ciclo olímpico que está pela frente - comentou Trade.

O presidente da Federação Amazonense de Voleibol, Tadeu Walgren, destacou a importância dos jogos para o crescimento do esporte no Amazonas.

- Aqueles que gostam do vôlei e do esporte em geral não poderiam estar mais felizes com uma notícia como essa. Além dessas competições colocarem Manaus como centro da modalidade, elas ajudam a divulgar nosso estado, são referência para a base e fortalecem o esporte. Teremos aqui campeões olímpicos, técnicos incríveis, e tenho certeza de que para 2018 ainda teremos muitas outras parcerias com a CBV. Convido a população a prestigiar.

De acordo com o secretário Fabrício Lima, titular da SEJEL, as conversas para que Manaus recebesse os amistosos teve início no fim do ano passado e a boa aceitação da Superliga pela população foi essencial para o sucesso da negociação.

- A Superliga foi um sucesso desde o seu primeiro jogo em Manaus. Isso causou uma ótima impressão à CBV e foi a partir daí que começamos a conversar sobre a vinda desses jogos, que também serão bem aceitos pelo público. Pelos dois eventos, aliás, a SEJEL terá direito a vinte por cento da renda e passaremos este benefício à Federação, com intuito de prestar apoio à entidade em relação ao seu calendário local.

Os principais compromissos da Seleção masculina em 2017 são a Liga Mundial, o Campeonato Sul-Americano e a Copa dos Campeões. Já a feminina disputará o Montreux Volley Masters, o Grand Prix, o Campeonato Sul-Americano e a Copa dos Campeões.

















E MAIS: