Mais um! Sem definição no Flu, Daniel entra na mira do Athletico

Joel Silva
LANCE!
Daniel é o líder de assistências do Fluminense, com 10 passes decisivos (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Daniel é o líder de assistências do Fluminense, com 10 passes decisivos (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)


Com contrato se encerrando em dezembro, Daniel ainda não decidiu se o seu futuro vai ser no Fluminense. A indefinição faz com que outros clubes manifestem o interesse pelo meia. O clube da vez é o Athletico, que sondou o atleta e avalia fazer uma proposta após o Campeonato Brasileiro.

O Furacão é o terceiro time da Série A a demonstrar o desejo em contar com Daniel em 2020. Além do clube paranaense, Grêmio e São Paulo também procuraram os representantes do jogador. Os três possuem melhores condições financeiras e, em tese, podem oferecer uma proposta superior ao Tricolor, que segue tentando a renovação de contrato do meia, que deseja uma maior valorização.

No fim de outubro, o Fluminense propôs um contrato até dezembro de 2021, porém os termos não agradaram. Apesar de ser titular absoluto do time, com 52 jogos na temporada, Daniel recebeu uma proposta de renovação inferior ao que foi proposto ao Igor Julião, que é reserva da equipe.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro



Além disso, o meia espera receber os atrasados de forma integral, sendo uma espécie de luva para a assinatura do novo contrato. O Fluminense pretende parcelar essa dívida, dividindo o valor até o fim do contrato. O clube deve os salários de setembro e outubro, e ainda diversos meses de direitos de imagem.

A permanência, apesar de difícil, não está descartada. Em coletiva na última quinta-feira, o presidente Mário Bittencourt afirmou que deve receber uma resposta do jogador daqui a 15 dias, culminando com o fim do Campeonato Brasileiro. Até lá, Daniel, que é líder de assistências do Tricolor com 10 passes decisivos, tem ao menos mais cinco jogos para livrar o Fluminense da Série B.

Com 23 anos, 16 de Fluminense, Daniel estreou nos profissionais em 2016, porém se firmou no clube apenas esse ano. Anteriormente foi emprestado por quatro vezes, três para o Oeste e uma para o Botafogo-SP.












Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também