Mais sorte que juízo? Torcida do Palmeiras reage à vitória suada do Palmeiras na Recopa

Nathalia Almeida
·2 minuto de leitura

Na noite desta quarta-feira (7), o Palmeiras adentrou o gramado do Estádio Tito Tomaghello, em Buenos Aires, para encarar a primeira 'decisão' de sua temporada 2021. Pelo jogo de ida da Recopa Sul-Americana, a equipe paulista não esteve em seus melhores dias, mas ainda assim apresentou o suficiente para vencer o Defensa y Justicia: 2 a 1, gols de Rony e Gustavo Scarpa, com Braian Romero descontando para os donos da casa.

O início da partida foi de amplo domínio dos argentinos, até Rony mostrar oportunismo e abrir o marcador aos 16' da etapa inicial. Na volta para o segundo tempo, mais pressão dos donos da casa, resultando em gol do centroavante Braian Romero, o grande destaque individual deste time. Para alívio do torcedor alviverde, Scarpa recolocou o Verdão em vantagem já no terço final do jogo, mas os minutos finais foram de tensão na Argentina. Ao final da partida, muitos torcedores alviverdes 'mal acostumados' reclamaram bastante da atuação do time:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Scarpa comemora triunfo apertado

Scarpa anotou o gol da vitória alviverde na Argentina | Marcelo Endelli/Getty Images
Scarpa anotou o gol da vitória alviverde na Argentina | Marcelo Endelli/Getty Images

Autor do gol da vitória alviverde e eleito o melhor em campo pela Conmebol, Scarpa valorizou o triunfo suado diante de um rival bastante qualificado, ressaltando que o Verdão ainda tem muito a melhorar daqui pra frente:

"Para nós é muito significativo, é um título que o clube não tem, é a chance de marcar nosso nome na história. Vamos em busca disso, quarta será um jogo difícil, mas vamos em busca de seguir colocando nosso nome na história. O time deles é muito bom, defensivamente e ofensivamente, temos que tomar todos os cuidados, mas precisamos impor mais nosso ritmo de jogo. Não tem nada ganho", afirmou.

Palmeiras e Defensa y Justicia voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (14), no Allianz Parque. Por ter vencido fora de casa, o Verdão precisa apenas de um empate em casa para se sagrar campeão.