Mais gols que jogos e imparável: Fred não deixa Galo sentir saudades de Pratto

A venda de Lucas Pratto para o São Paulo dividiu opiniões. Parte da imprensa e dos torcedores acreditavam que o Urso faria falta no Atlético-MG e vendê-lo a um rival direto do futebol brasileiro era um erro. Outra parte julgava um bom negócio e lembrava que o Galo precisava do dinheiro, além de já ter um grande atacante no elenco: Fred, um dos artilheiros do último Campeonato Brasileiro, e também goleador máximo da competição em 2014 e 2012, além de vice-artilheiro em 2011.

A polêmica era natural. Pratto, afinal, é um dos melhores atacantes em atividade no futebol brasileiro, vivia grande momento no Galo, é titular da seleção argentina, onde brilhou nas Eliminatórias, e além de rapidamente se tornar ídolo, tinha uma identificação especial com o Atlético-MG e um carinho verdadeiro, retribuído pela Massa.

O medo de Pratto fazer falta existiu, no entanto, Fred não tem deixado a torcida alvinegra sentir saudades do hermano. Com o gol na vitória por 2 a 1 sobre o Tricordiano, no último sábado (18), pelo Campeonato Mineiro, o camisa 9 chegou a 11 gols em 10 jogos na temporada. É isso mesmo, Fred tem mais tentos que partidas em 2017, e média de 1,1 gol por jogo.

Fred Atlético-MG América-MG Campeonato Mineiro 19022017

(Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

São nove bolas nas redes no Campeonato Mineiro, do qual é o artilheiro isolado, uma na Primeira Liga e uma na Libertadores, esta fundamental, garantindo um empate fora de casa na estreia contra o Godoy Cruz, na Argentina. No Estadual, com 100% de aproveitamento, tendo oito vitórias em oito partidas, o Atlético-MG lidera com quatro pontos de vantagem para o Cruzeiro e já garantiu vaga nas semifinais. O Galo tem o melhor ataque da competição, com 22 gols, e Fred participou diretamente de 50% deles, com nove tentos e duas assistências.

Fred é vital para o Atlético-MG no início do ano e será ao longo da temporada. Se Pratto fará falta ao longo do ano, apenas o tempo irá dizer, mas pelo menos neste começo de 2017, o camisa 9 não deixa a Massa sentir falta do Urso