Maior perdedor, Vikings desafia favoritos nos playoffs da NFL

ALEX SABINO
Folhapress

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Nos últimos 30 anos, o sinônimo de fracasso no Super Bowl, a final do futebol americano, atende pelo nome de Buffalo Bills.

A percepção pode até ser injusta, porque para chegar à decisão é preciso passar por 16 jogos na temporada regular e mais dois ou três eliminatórios. De 1990 a 1993, o Bills chegou quatro vezes seguidas ao maior evento esportivo dos EUA. Perdeu todas.

Ninguém é mais grato por isso do que o Minnesota Vikings. Se o Bills não existisse, o time de Minneapolis seria a imagem mais conhecida da derrota. No espaço de sete anos na década de 1970, o Vikings também chegou quatro vezes ao Super Bowl e foi derrotado em todas. Nunca mais conseguiu ir tão longe.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na condição de zebra, a equipe tenta agora uma improvável quebra da escrita. Neste sábado (11), o time visita o San Francisco 49ers no que pode ser considerada a fase de semifinais da conferência nacional, um dos dois grupos da NFL.

O vencedor de cada um deles disputa o Super Bowl em 2 de fevereiro, no Hard Rock Stadium, em Miami.

O 49ers fez a melhor campanha da NFC da temporada regular. Entre os classificados para os playoffs, o Vikings teve o pior ranking, com 10 vitórias e 6 derrotas. San Francisco ganhou 13 e perdeu 3.

"Não seria a primeira vez que vocês [jornalistas] acabariam surpreendidos por um time com pior ranking", disse na semana passada o quarterback do Vikings, Kirk Cousins.

Desde que os playoffs foram expandidos para 12 equipes, em 1990, duas vezes a sexta e última franquia classificada por uma conferência venceu o Super Bowl. Aconteceu com o Pittsburgh Steelers, em 2005, e o Green Bay Packers, em 2010.

Existe até mesmo a possibilidade de que neste ano os sextos colocados da NFC e da AFC (o outro grupo da NFL) se enfrentem na final. O Tennessee Titans, último classificado da AFC, enfrenta o favorito Baltimore Ravens também neste sábado.

O otimismo da zebra ficou maior após o Vikings passar pelo favorito New Orleans Saints no último sábado (4), na primeira rodada dos playoffs.

O resultado foi contestado por um empurrão do recebedor de Minnesota no defensor no último lance da partida. Era o exemplo de jogada que no passado provavelmente prejudicaria o próprio Vikings, time com quem tudo costuma dar errado.

Como em 1989, quando antes da temporada a franquia parecia destinada a vencer o Super Bowl. O consenso era que faltava apenas mais uma peça no elenco. Foi quando o gerente-geral acertou uma troca com o Dallas Cowboys para obter o running back Herschel Walker e deu para o rival oito escolhas futuras no draft.

Com elas, a equipe do Texas selecionou jogadores como o também running back Emmit Smith e o safety Darren Woodson. Nas sete temporadas seguintes, o Dallas ganhou três Super Bowls.

Na final da NFC de 2009, com o placar empatado e pouco mais de 2 minutos restantes no último período, o Saints devolveu a bola para o Vikings, que marchou com ela no ataque até a linha de 33 jardas do adversário. Já era possível chutar um field goal (que vale três pontos) e fechar a vitória. Foi aí que tudo deu errado.

O time cometeu falta por colocar 12 jogadores em campo (o permitido são 11) e teve de recuar. Mesmo assim, poderia tentar os três pontos. Em vez disso, o quarterback Brett Favre fez um lançamento. Acabou interceptado pela defesa de New Orleans, que ganhou na prorrogação.

"O que podemos fazer é desafiar as expectativas das pessoas. Nenhum time é imbatível na NFL. Isso já foi mostrado", definiu o técnico Mike Zimmer.

Apesar da confiança, para surpreender Vikings e Titans terão de desafiar também uma tendência nos últimos anos.

O último time que jogou o wild card (a primeira rodada dos playoffs, em que os dois times de melhor campanha de cada conferência não participam) e avançou ao Super Bowl foi o Ravens, em 2012. A equipe com mais vitórias na temporada regular pela NFC ou AFC chegou à final da NFL nos últimos seis anos.

Pelo sistema de classificação da liga, cada conferência tem 16 times divididos em 4 divisões. Avançam para os playoffs o vencedor de cada uma delas e as outras duas equipes de melhor campanha.

Jogos dos playoffs neste final de semana

Todas as partidas serão transmitidas pela ESPN

SÁBADO (11)

18h35 - San Francisco 49ers x Minnesota Vikings

22h15 - Baltimore Ravens x Tennessee Titans

DOMINGO (12)

17h05 - Kansas City Chiefs x Houston Texas

20h40 - Green Bay Packers x Seattle Seahaws

Leia também