Maicon fala em honrar a camisa que foi de Pelé e projeta boa temporada no Santos

Maicon é um dos líderes do elenco santista (Foto: Ivan Storti/Santos)


O elenco do Santos começou a temporada com uma missão obrigatória: honrar a memória de Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, que faleceu no dia 29 de dezembro vítima de complicações ligadas a um câncer.

O zagueiro Maicon, um dos líderes do grupo, quer ver o Santos voltando a fazer uma boa temporada como forma de homenagear o maior atleta de todos os tempos. O time teve dificuldade nos últimos dois anos e não brigou por títulos.


- O Rei Pelé tem que ser honrado todos os dias. É um orgulho muito grande vestir a camisa que ele já vestiu um dia. E será um ano muito especial para nós por conta da partida dele, então espero que a gente possa honrar essa camisa e fazer um grande ano para homenagear o Rei. A gente tem que estar muito melhor do que apresentamos nos últimos dois anos. Pela grandeza do Santos temos que pensar sempre no alto, e em 2021 e 2022 fomos muito abaixo do que esse clube exige. Eu acredito que estamos no caminho certo e vamos brigar muito para fazer uma grande temporada - disse Maicon.

O clube deve homenagear o Rei Pelé já na estreia da equipe no Campeonato Paulista, às 20h30, no dia 14 de janeiro, na Vila Belmiro, contra o Mirassol. Antes marcado para às 18h30, o clube solicitou a mudança de horário para que possa fazer suas homenagens ao eterno ídolo.

No momento, o Santos está concentrado em Atibaia para finalizar a pré-temporada. A equipe do técnico Odair Hellmann marcou também um jogo-treino para o próximo domingo (8), contra o EC São Bernardo, que será aberto para imprensa.

A fórmula de disputa do Paulistão é a mesma dos últimos anos. Na primeira fase, as equipes de um grupo enfrentam as dos outros três. Ao final da primeira fase, os dois primeiros de cada grupo se classificam para as quartas de final e se enfrentam em jogo único, com mando da equipe de melhor campanha.