Maguila reencontra algoz e vítima Daniel Falconi após 33 anos

Yahoo Esportes
Os pesos-pesados Adilson "Maguila" Rodrigues e Walter Daniel Falconi (Eduardo Ohata/Yahoo Esportes)
Os pesos-pesados Adilson "Maguila" Rodrigues e Walter Daniel Falconi (Eduardo Ohata/Yahoo Esportes)

O peso-pesado brasileiro Adilson “Maguila” Rodrigues reencontrou na tarde desta sexta-feira (12), após 33 anos, o argentino Walter Daniel Falconi, primeiro boxeador a derrotá-lo, por nocaute no terceiro assalto, em 31 de março de 1985. No duelo de volta, Maguila nocauteou Falconi, que abandonou as luvas por causa de um descolamento de retina sofrido naquela luta.

A dupla assistiu, lado a lado, as duas lutas que protagonizaram no ginásio do Corinthians. Quando Falconi apareceu na tela pela primeira vez, Maguila brincou com o argentino ao perguntar o que achava de seu próprio cabelo (atualmente o ex-lutador está careca).

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Após assistir a primeira luta, na qual foi derrotado, Maguila falou: “Agora vamos ver a outra!” Foi a vez de Falconi brincar, ao dizer, “Pô, mas acabei de ganhar... Deixa mais um pouco”. Ao fim da segunda luta, Falconi, que foi nocauteado, olhou para o brasileiro para ver sua reação.

Falconi veio ao Brasil a convite de Josmar Bueno Junior, diretor do filme que resgatará a história da vida de Maguila. Na manhã desta sexta-feira Bueno Jr. já iniciou os trabalhos de filmagem com Falconi, no ginásio do Corinthians.

Falconi foi localizado na Itália pelo “Blog do Ohata”, quando o blog estava hospedado no UOL, em setembro de 2015, onde trabalha em um banco. Ele chegou à Gênova para tratar do olho depois que uma cirurgia mal sucedida na Argentina quase o fez perdê-lo. Na Itália, teve que se virar, primeiro dirigindo caminhões, depois foi padeiro. Finalmente, conseguiu a equivalência de seu diploma do curso de Economia e Comércio, foi trabalhar no banco, onde tem cargo em uma sucursal onde comanda 10 funcionários.

Há anos Maguila vive internado em um clínica por conta de problemas de saúde. Desde 2015, ao ser informado pelo blogueiro de que Maguila estava mal, Falconi vinha demonstrando preocupação com o ex-rival e inclusive publicava mensagens de incentivo ao brasileiro por meio das mídias sociais. O argentino sempre fazia questão de frizar que, apesar de rivais dentro do ringue, eram amigos fora dele.



Leia também