Magnata saudita paga 2,6 milhões de dólares por ingresso para ver Messi e Cristiano Ronaldo

Um magnata do setor imobiliário saudita pagou 2,6 milhões de dólares para comprar um ingresso em leilão para o amistoso que o Paris Saint-Germain de Lionel Messi jogará na quinta-feira em Riad contra uma seleção dos melhores jogadores do país, incluindo Cristiano Ronaldo.

Para promover o jogo, a organização realizou um leilão beneficente com um ingresso VIP para o jogo, que inclui sessão fotográfica com os jogadores e acesso aos vestiários, como principal atração.

O leilão, que começou com um milhão de riais sauditas (266 mil dólares; 245 mil euros), fechou com uma oferta de 10 milhões de riais (2,6 milhões de dólares; 2,4 milhões de euros) feita por Mushref al-Ghamdi, um magnata do setor imobiliário.

Será o primeiro jogo de Cristiano Ronaldo na Arábia Saudita desde que assinou com o Al-Nassr em dezembro.

O cinco vezes vencedor da Bola de Ouro, de 37 anos, que assinou por dois anos e meio com o clube saudita, ganhará 200 milhões de euros por esse contrato, e valor semelhante por se tornar posteriormente embaixador da candidatura saudita a sediar a Copa do Mundo de 2030.

O amistoso colocará o PSG contra uma seleção de jogadores do Al-Nassr e Al-Hilal, incluindo, além de Ronaldo, Salem Al-Dawsari, autor do gol da vitória da Arábia Saudita sobre a Argentina na última Copa do Mundo.

rcb/iwd/jde/mcd/aam