Maestro Júnior relata drama de Roberto Dinamite, vai às lágrimas e emociona web

Maestro Júnior não conteve a emoção (Foto: Reprodução/ Instagram)


Júnior se emocionou ao falar sobre o amigo Roberto Dinamite, que faleceu neste domingo, aos 68 anos. Durante uma entrada ao vivo no programa "Esporte Espetacular", da TV Globo, o ex-jogador descreveu os anos vividos ao lado do colega de gramados, da relação fora dos gramados e dos momentos difíceis da luta de Bob contra o câncer.

Maestro Júnior não conteve as lágrimas ao relembrar o do último encontro entre com Dinamite. Ele detalhou a tristeza de ver o amigo com a saúde debilitada.

+ Veja clubes e personalidades que lamentaram a morte de Roberto Dinamite

- Estive com ele na quinta-feira, na casa dele, moramos no mesmo condomínio. Vi ele muito cansado, conversando comigo falou que estava cansado. Fiquei meio impressionado. Comentei com a minha mulher sobre essa frase - relata Júnior, que continua:

- Foi uma luta muito grande nesse ano. Desde o diagnóstico da doença, foi só luta, não tem outra palavra para definir. A gente é egoísta, quer que o amigo permaneça, mas não quer esse amigo da forma como a gente estava vendo. Foi um descanso para ele, para a família em função de todo o sofrimento - disse o ex-jogador do Flamengo.

+ Saúde de Dinamite virou motivo de preocupação na internet após vídeo de caminhada em hospital se tornar viral

AMIZADE FORA DAS QUATRO LINHAS

Personagens de grandes embates entre Flamengo e Vasco na década de 80, Júnior falou sobre como construiu sua amizade com Dinamite e da pessoa que ele foi.

- Só fomos criar amizade tempo depois, quando as famílias se aproximaram. A passagem do ano era sempre aqui em casa. Foi criando esse vínculo que permaneceu até hoje. Os pensamentos, ideias, estávamos sempre dividindo. Falar em campo não precisa. Quem conheceu fora de campo pode saber o valor pelo que fez pela família e pelos amigos. Era um cara extremamente generoso, tivemos a oportunidade de sempre estar juntos - completa.

+ Zico escreve mensagem de despedida a Roberto Dinamite: 'Lutou até o último minuto, como fazia em campo'

Nas suas redes sociais, Júnior publicou um texto para o ídolo cruz-maltino e voltou a falar sobre a relação de amizade entre eles.

- Amigo, como adoro essa nossa foto do dia da tua posse, acho que ela representa nossa amizade, sobretudo depois que penduramos as chuteiras! Vá em paz, com a certeza que sua missão neste plano foi cumprida da melhor maneira possível, tanto no profissional, como no familiar! Muita luz na sua passagem e obrigado pela parceria - escreveu.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

+ 'Merecia mais reconhecimento do que teve', diz Fátima Bernardes sobre Roberto Dinamite

No Twitter, internautas se comoveram com o relato de Júnior e lamentaram a morte de Dinamite.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

LUTO NO FUTEBOL

O nome que se tornou sinônimo de gol e consagrou-se como maior ídolo da história do Vasco deu seu último adeus. Roberto Dinamite travava uma batalha contra um câncer no intestino desde o fim do ano de 2021 e estava internado desde sábado no Hospital da Unimed, na Barra da Tijuca. Além de ter marcado época como o maior artilheiro do Vasco, ele teve dois mandatos como presidente, entre os anos de 2008 e 2014.