Madson lembra infância na Bahia e diz: 'Meu estilo é diferente do Ferraz'

Arthur Faria*
LANCE!
Madson foi apresentado oficialmente no Santos, nesta quinta-feira, no CT Rei Pelé (Foto: Arthur Faria)
Madson foi apresentado oficialmente no Santos, nesta quinta-feira, no CT Rei Pelé (Foto: Arthur Faria)


O lateral-direito Madson foi apresentado oficialmente pelo Santos nesta quinta-feira, no CT Rei Pelé. O atleta vestirá a camisa 13 e brigará por uma vaga no setor com Pará.

Um dos assuntos principais foi também substituir Victor Ferraz, ex-capitão do Santos e que estava no clube desde 2014. Madson vê um estilo diferente do antigo camisa 4 do Peixe.

- Na diferença com Ferraz, ele é mais técnico, construção mais curta, jogava um pouco mais na linha defensiva. Comigo é ao contrário, procuro sempre dar opção na frente, de chegar na área também. O professor Jesualdo vai treinar e me dar orientação de como ele quer que eu jogue. Espero assimilar e ajudar a equipe - afirmou Madson.




- Creio que neste modo que ele falou, minhas características se encaixam bem, procuro fazer uma linha defensiva muito forte, este é meu futebol. Professor Jesualdo vem implantando a metodologia dele de trabalho ao longo da pré-temporada, vem fazendo um pouco de cada setor, trabalhando a defesa, meio-campo e ataque. Os jogadores vêm assimilando muito bem até a parte física. Ele tem rodado, tem dado oportunidade. Esperamos absorver o mais rápido possível para desempenhar um bom futebol e ajudar o Santos - completou.

Natural da Bahia, Madson relembrou o pouco que teve na infância. Isso porque, com 10 anos, o defensor viajou 40 km para se alojar nas categorias de base do Vitória.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também