Maddison novamente fica fora de treino, e Inglaterra ganha corpo para a estreia na Copa


O meia-atacante James Maddsison foi novamente ausência do treinamento da Inglaterra, nesta sexta-feira (18). O meia já havia ficado fora na atividade desta quinta-feira (17), por conta de dores no joelho por uma pancada sofrida no último compromisso do jogador pelo Leicester, clube que defende, antes de se apresentar à delegação inglesa.

+ Qual é a maior seleção? Veja a classificação da “Copa do Mundo em pontos corridos” desde 1930

Existe a chance do atleta não ficar à disposição para estreia do English Team no Mundial, que acontece nesta segunda-feira (21), às 10h (horário de Brasília), contra o Irã. De toda forma, ele não é figura constante entre os titulares. Muito pelo contrário, não era convocado desde o fim de 2019 e apareceu direto na lista da Copa, por conta do excelente momento que vive nos Foxes.

Desfalque certo para a estreia é do lateral Kyle Walker, do Manchester City, que passou por uma cirurgia na virilha no início do mês passado, era dúvida, inclusive, para a lista final, mas foi convocado. No entanto, o atleta só ficará apto para o segundo compromisso dos Três Leões na Copa, contra os Estados Unidos, na próxima sexta-feira (25).

A tendência é que Kieran Trippier, do Newcastle, fique com a vaga de Walker na estreia. Sem Ben Chilwell, do Chelsea, cortado da Copa do Mundo por conta de uma lesão na coxa esquerda, Luke Shaw, do Manchester United, deve ser o dono da lateral-esquerda.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule os jogos da competição

Ainda há dúvida se o técnico Gareth Southgate vai escalar a Inglaterra com uma linha de quatro na defesa e um meio-campo mais encorpado ou com três zagueiros e os laterais mais soltos do meio para frente. A tendência é que o treinador adote a segunda opção. Assim, a trinca de zaga deve ser formada por Maguire, Stones e Dier.

Gareth Southgate - Treino Inglaterra Copa 202
Gareth Southgate - Treino Inglaterra Copa 202

Treinador da Inglaterra, Gareth Southgate observa atividade desta sexta-feira (18) (Foto: Paul ELLIS / AFP)

Na frente, Saka, do Arsenal, deve ser o escolhido, mas ele briga por posição com Marcus Rashford, do United, e Jack Greaslish, do Manchester City. O segundo, no entanto, teria mais chance de um espaço em caso de uma formação com quatro defensores. Assim, um dos zagueiros seria sacado para a sua entrada.

A Inglaterra tem mais dois até a sua estreia no Mundial, e essas dúvidas de Southgate serão sanadas no fim de semana.

Enquanto isso, a provável escalação dos ingleses para a estreia na Copa é: Pickford; Stones, Dier e Maguire; Trippier, Bellingham, Rice e Shaw; Saka, Kane e Sterling.