Maddison não participa de treino da Inglaterra e deve ser desfalque pelo segundo jogo seguido


O meia James Maddison deve desfalcar a Inglaterra pelo segundo jogo consecutivo na Copa do Mundo. O atleta segue com dores no joelho, por conta de uma pancada sofrida no último compromisso do jogador pelo Leicester antes de se juntar à delegação inglesa, no dia 12 de novembro, contra o West Ham, pela Premier League.

+ Site internacional escolhe as camisas 1 mais bonitas da Copa do Mundo

Maddison novamente foi ausência no treinamento da seleção inglesa. Ele não esteve presente na atividade realizada na manhã desta quarta-feira (23), assim como nas demais desde que o elenco chegou ao Qatar.

A Inglaterra tem mais um trabalho, nesta quinta-feira (24), antes de enfrentar os Estados Unidos em seu segundo jogo no Mundial, mas a tendência é que o meio-campista seja desfalque também nesta partida.

BOLETIM MÉDICO

Por sua vez, o lateral-direito Kyle Walker, que foi baixa na estreia, tem tudo para ficar à disposição do técnico Gareth Southgate contra o US Team. O atleta foi ausência contra o Irã por estar em fase final de condicionamento, já que não atua desde o início de outubro, quando sofreu uma lesão na virilha e precisou passar por cirurgia.

+ Confira a tabela da Copa do Mundo e simule todos os jogos

O atacante Harry Kane treinou normalmente e tem grandes chances de jogar contra os Estados Unidos. Ele deixou o estádio Internacional Khalifa mancando e com faixas na região do tornozelo direito após a goleada inglesa sobre o Irã, na última segunda-feira (21), mas passou por exames que não constataram lesão. Ainda assim, o astro inglês sente dores leves na região, que requer observação até o confronto pela segunda rodada do grupo B do Mundial.

Já o zagueiro Harry Maguire, que foi substituído logo após o primeiro gol sofrido pela Inglaterra contra os iranianos, não preocupa. Ele teve somente um mal-estar e já sinalizou estar apto para seguir na disputa da Copa do Mundo, inclusive no jogo desta sexta-feira (25).