Música retrata trajetória de jovem promessa do Corinthians

·2 minuto de leitura


No mundo do futebol é comum ver jogadores chegando ao estádio ouvindo suas músicas prediletas e indo rumo aos vestiários com o fone no ouvido. Uma música que será lançada no dia 14 de maio, é o single “Diamantes”, que retrata a trajetória de vida do atacante Rodrigo Varanda, do Corinthians.

+Confira tabela do Corinthians no Paulistão

Atletas como Luciano, Edenílson, Guilherme Arana, Claudinho, Malcom, Felipe Vizeu, Gustavo Nonato, Uendel, Matheus Davó, Guilherme Mantuan, Igor Vinicius, Luiz Felipe, Cássio, Matheus Pereira, Petros, Ivan Quaresma, Gustavo Mantuan, Ramires e Michel participaram do clipe musical, que estará disponível em todas as plataformas digitais, inclusive no Spotify e Deezer. O lançamento será feito via ONErpm.

O clipe, produzido pela Elenko Music, mostra uma criança pequena que vende balas em um farol e depois alcança o seu maior sonho que é ser jogador de futebol profissional. A música foi feita pelos cantores Levi e KayBlack, onde conta a caminhada para uma vida de sucesso, que, em certos momentos, parecia tão distante. A faixa faz analogia à vida dos artistas que relatam na track a fase em que faltava dinheiro até para o mais básico, mas, mesmo com esse cenário seguiam na música por amor à arte.

O estilo musical de “Diamantes”, que tem se popularizado muito entre os atletas brasileiros é o “trap”, variação do rap, que usa elementos de outros ritmos, como os arranjos da música eletrônica, deixando as músicas mais dançantes. O estilo carrega em suas letras versos sobre a desigualdade social e a violência, mas trata a realidade de forma mais crua e também aborda experiências pessoais e familiares.

- Fiquei muito feliz e lisonjeado quando soube que a música também fala um pouco da minha história, de como não desisti, sonhei, lutei e cheguei até o time profissional. Fica aqui meu incentivo para todos que não desistam dos seus sonhos, corram atrás, porque tudo é possível ao que crê. A música ficou show de bola, muito bem feita, num ritmo legal. É um estilo que curto bastante também – destaca Rodrigo Varanda.

- A ideia surgiu através da vontade de retratar a fundo essa batalha que todo moleque de periferia enfrenta para vencer na vida. É muito gratificante saber que vários jogadores renomados se identificaram com cada frase - comenta Levi.

- Ficou um trabalho ainda mais diferenciado com a participação de vários jogadores que curtem nosso trabalho – conclui KayBlack.