Médico fala sobre resgate de Zanardi: "Naquelas condições, ele duraria só mais uns dez minutos"

motorsport.com

Alex Zanardi segue internado na Unidade de Terapia Intensiva da policlínina Santa Maria alle Scotte, na cidade de Siena na Itália. O piloto e ciclista paralímpico se envolveu em um acidente com um caminhão enquanto participava de uma prova de revezamento com outros ciclistas. E segundo um médico responsável pelo regaste, o tempo foi um elemento crucial para Zanardi.

O médico Robusto Biagioni, que participou do resgate, foi entrevistado pelo jornal Corriere dello Sport, e deu detalhes sobre como foi a ação médica.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

Em quinto dia de internação, quadro de Zanardi permanece grave mas estável; Papa Franciso escreve carta para o atletaTagliani dá depoimento emocionado sobre Zanardi: "Alex me mostrou quão forte era. Espero que consiga se recuperar novamente"Médico de Zanardi diz que lesão de italiano é menos grave que a de Schumacher

"Chegamos a Pienza às 17h20 [horário local], afirmou Biagioni. "O operador de resgate alpino foi muito útil. Pousamos em um campo e precisamos atravessar um bosque pequeno, de mata fechada. O operador nos guiou, abrindo caminho até chegarmos ao local".

Biagioni falou também como que era a condição de Zanardi e como que o momento da chegada da equipe foi essencial para que o piloto saísse do local com vida.

"Era muito grave, infelizmente. Naquelas condições, ele duraria só mais uns dez minutos. Meu colega o encontrou já em coma, com momentos de agitação. Ele movia os braços de forma errática, gritava".

"O rosto estava bem desfigurado, com muitas fraturas. Só que o que mais nos preocupou naquele momento foi perceber que havia uma ferida muito grave, que começava no olho direito e atravessava o rosto. Ele também tinha outros ferimentos na cabeça".

O ferimento no rosto é um dos que mais preocupa a equipe do hospital, podendo levar até à perda da visão de Zanardi em pelo menos um de seus olhos. A grande incógnita do momento tem a ver com seus possíveis danos neurológicos. A junta responsável pelo caso afirmou que somente passará a considerar a possibilidade de reduzir os sedativos para fazer uma avaliação a partir da semana que vem.

"Já intervi em casos piores e, alguns deles terminaram de forma positiva, indo contra nossas previsões, inclusive. Por isso estou convicto de que há esperanças para ele, levando em conta que é um atleta e com um desejo incrível de viver", encerrou o médico.

No último boletim médico, divulgado na manhã desta quarta, foi divulgado que Zanardi continua em estado grave, mas seus sinais seguem estáveis. O piloto continua entubado e respirando artificialmente. A pedido da família, os boletins só serão divulgados a partir do momento que sua condição mudar. Hoje, Zanardi recebeu também uma mensagem de apoio do Papa Francisco, que disse que o italiano é um exemplo para todos.

O relato de como Zanardi surpreendeu a todos na UTI e a inspiração de amar a vida

PODCAST Motorsport.com discute notas polêmicas do game F1 2020; ouça o bate-papo

Your browser does not support the audio element.

Leia também