Mário destaca que posição do Fluminense é contra a mudança do nome do Maracanã

LANCE!
·2 minuto de leitura


Em entrevista ao programa Seleção Sportv, na tarde desta quarta-feira, o presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, revelou que o posicionamento do clube é contrário a mudança do nome do Maracanã. Como justificativa, ele lembrou a importância do jornalista Mário Filho, que dá nome ao local, para construção do estádio.

> Relembre as campanhas do Fluminense na Libertadores

- A posição do Fluminense é contrária a mudança do nome, eu acho que esse estádio é conhecido mundialmente como Maracanã e como estádio jornalista Mário Filho. Eu acho quem minimamente conhece a história do futebol brasileiro sabe a importância que o Mário Filho teve para a construção do estádio.

- Então, assim, eu acho, sinceramente, sem nenhuma crítica pessoal, nenhuma crítica política, eu não posso me posicionar dessa forma, mas me posiciono como um desportista, que sou. O Maracanã faz parte da história do Rio de Janeiro, e da história do futebol brasileiro do (futebol) mundial.

Mário destacou que o Pelé é o "maior jogador da história do futebol mundial", mas que existem outras formas de homenagear o Rei do Futebol.

- Não vejo nenhum sentido na mudança do nome, apesar da enorme importância do maior jogador da história do futebol mundial, que é o Pelé. Acho que o Pelé pode receber essa homenagem de várias outras formas, já existem outros estádios com o nome do Pelé no Brasil.

- A gente pode homenagear o próprio Pelé dentro do próprio Maracanã, como ele já é homenageado, mas acho que a troca, sinceramente, não vejo cabimento nela. Vamos esperar a decisão que vem do governo estadual.

No começo do mês, os deputados da Assembleia legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) votaram a favor do projeto de renomeação do Maracanã. Caso o Governador em exercício do estado, Claudio Castro, sancione a proposta, o Estádio Jornalista Mário Filho passará a ser chamado de Estádio Edson Arantes do Nascimento - Rei Pelé.