Mário critica conduta de Allan, Galo e Liverpool: 'Fizeram um leilão'

Presidente do Fluminense não gostou da conduta adotada em negociação (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Presidente do Fluminense não gostou da conduta adotada em negociação (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)


A ida do volante Allan para o Atlético-MG foi motivo de um pronunciamento do presidente do Fluminense, Mário Bittencourt. O mandatário criticou a forma como o Liverpool, detentor dos direitos econômicos do atleta, conduziu a negociação. Segundo ele, o clube inglês negociou com os dois clubes ao mesmo tempo, com o objetivo de aumentar os valores da transação.

- No início de janeiro, o Liverpool deu ok para a nossa proposta e disse que comunicaria o atleta. Eles disseram que o Allan não tinha autorização para negociar com outro clube. Depois disso, recebemos informação de um dos representantes dele de que estaria negociando com o Atlético-MG. Em seguida, o Liverpool nos comunicou agradecendo a proposta, mas avisando que o desejo do atleta era jogar no Atlético-MG. O clube inglês teve uma atitude antiética ao negociar com duas instituições ao mesmo tempo para jogar o preço para cima. Eles fizeram um um leilão - disse o presidente.

Mário Bittencourt também prometeu tomar medidas legais contra as partes envolvidas e notificar a Fifa da situação, até segunda-feira. O mandatário também fez comentários negativos sobre a conduta do atleta de tentar criar uma relação de proximidade com a torcida, que, segundo ele, nunca existiu, mas fez um apelo para que os torcedores tricolores parem de atacá-lo nas redes sociais.

- Juras de amor devem ficar da porta para dentro. Isso é um mercado. O grande equívoco de alguns atletas é querer vender uma relação de paixão que não existe. Não há problemas mudar de ares, mas é preciso ser transparente. Nós trabalhamos assim e não aceitamos o contrário. O atleta nos deu a palavra dele que ficaria aqui, aceitou a proposta e depois não quis. Agora isso passou. Que fique o entendimento para o nosso torcedor que nenhum jogador é maior que o Fluminense. Queria fazer um apelo para que nosso torcedor parar de ofender o jogador nas redes sociais. Não há necessidade. Temos que canalizar as nossas energias para quem está aqui e quer jogar no Fluminense - completou.

Aos 22 anos, Allan foi um dos destaques do Fluminense na temporada passada. O jogador estava emprestado pelo Liverpool até o final de 2019. Depois disso o Fluminense tentou negociar com os ingleses a permanência dele, mas o jogador acabou acertando com o Atlético-MG.









Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também