Mário confirma o afastamento de Celso Barros do futebol e garante Marcão: 'Ele vai até o final'

Joel Silva
LANCE!
Com o afastamento de Celso, Mário Bittencourt assume o departamento de futebol (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Com o afastamento de Celso, Mário Bittencourt assume o departamento de futebol (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)


O presidente Mário Bittencourt quebrou o silêncio e confirmou o afastamento de Celso Barros do futebol do Fluminense, ao menos até o fim do Campeonato Brasileiro. O vice-presidente geral deixa de ser oficialmente o homem forte do departamento, que vai passar a ser controlado diretamente pelo mandatário tricolor.

- Eu ontem conversei durante 3 horas com ele. Eu não vim a público para falar sobre isso porque essa questão tem que ser resolvido internamente e caso eu falasse, geraria ainda mais instabilidade. Diante das postagens, causando instabilidade, decidi tirá-lo do futebol. O que eu informei para ele é que até o Campeonato terminar ele vai seguir afastado. A partir de hoje, assumo o futebol e que ele espere até o fim do ano para uma nova conversa para ver se segue no futebol ou como vice-presidente geral.

TABELA
Confira a classificação do Campeonato Brasileiro



O racha político no Fluminense aconteceu na semana que antecedeu o confronto diante do São Paulo, no Morumbi. Na época, Celso Barros usou as redes sociais para defender a saída de Marcão e culpar Fernando Diniz pelo fato do Fluminense estar na zona de rebaixamento. Após esse episódio, o Mário Bittencourt tirou o vice-presidente geral das viagens do time. O presidente revelou que a ruptura se deu pela divergência de opiniões sobre a permanência de Marcão no cargo de técnico.

- Eu não queria a troca do Diniz, já que era um momento de decisivo contra o Corinthians, pela Copa Sul-Americana, mas os resultados não vieram e eu banquei essa decisão. Quando houve uma nova conversa para tirar o Marcão, eu fui contrário, não iria acatar a decisão argumentando que uma troca causaria transtornos. No dia seguinte teria uma reunião. Aí o Celso buscou o caminho das redes sociais e entrevistas, para tentar tirar o treinador e eu não gostei.

RESPALDADO

O técnico Marcão, pivô do racha entre os dirigentes, foi confirmado pelo presidente Mário Bittencourt até o fim do Campeonato Brasileiro. O mandatário justificou que o aproveitamento do Fluminense com o treinador, é superior a maioria dos rivais que lutam contra o rebaixamento.

- Dos clubes que estão lutando na parte de baixo da tabela, tirando o Cruzeiro, o Fluminense, com o Marcão, tem o melhor aproveitamento. Nas brigas anteriores contra o rebaixamento, em 2006, 2009, 2013... o Fluminense trocou quatro, cinco vezes de técnicos. Nenhum treinador vai conseguir implementar a filosofia de trabalho em quatro, cinco jogos, com jogos quarta e domingo. Trabalho com convicção e o resultado é mais satisfatório do que os meus concorrentes. Ele vai até o final. Não estamos procurando nenhum treinador.














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também