Mário Bittencourt deixa camarote do Maracanã após xingamentos da torcida em derrota do Fluminense

·1 minuto de leitura


Os minutos finais da derrota do Fluminense para o Fortaleza, nesta quarta-feira, pelo Brasileirão, foram marcados por tensão. Mário Bittencourt, presidente do clube das Laranjeiras, deixou um camarote do Maracanã acompanhado de seguranças após receber xingamentos de torcedores.

O episódio ocorreu já na reta final da partida, após os 35 minutos do segundo tempo. Com a derrota parcial de 2 a 0 - placar confirmado com o apito final -, a torcida começou a xingar o mandatário. Em um camarote localizado no Setor Oeste do estádio, torcedores que estavam ali por perto xingaram Mário ainda mais de perto.

Mário estava acompanhado por seguranças. Pelo menos dois dos homens que acompanhavam o presidente discutiram de forma mais "calorosa" com torcedores presentes no setor, resultando em um clima pesado.

Logo após o começo do debate, Mário entrou no camarote e deixou de ser 'visível' aos torcedores, que mesmo assim não pisaram no freio e continuam xingando o presidente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos