Meia costa-riquenho sofre fratura e pode ficar fora da Copa do Mundo

EFE

São José, 19 mar (EFE).- O meia costa-riquenho Christian Bolaños sofreu uma fratura no tornozelo direito, segundo confirmou o clube do jogador, o Deportivo Saprissa, e passou a ter a participação em dúvida na Copa do Mundo.

De acordo com comunicado com o boletim médico do jogador, de 33 anos, ele terá que passar por cirurgia. A intervenção estava prevista para acontecer ainda hoje.

O tempo de recuperação previsto é de seis a oito semanas, o que prejudicaria na preparação para o Mundial, cuja estreia da Costa Rica será no dia 17 de junho, contra a Sérvia. Cinco dias depois, o duelo será contra o Brasil. No dia 27, o adversário será a Suíça.

Bolaños sofreu lesão neste domingo, durante o jogo do Saprissa com o Herediano, pela 16ª rodada do Torneio Clausura do Campeonato Costa-Riquenho.

"A dor era muito forte e não pude continuar a partida. Infelizmente, a lesão vem no momento em que estava me sentido muito bem e adquirindo ritmo de jogo. Mas, tudo bem, faz parte do futebol," disse o meia, em entrevista à emissora local "Canal 7".



Bolaños, mundialista na Alemanha 2006 e o Brasil 2014, é um dos poucos jogadores da Costa Rica com possibilidades de jogar a sua terceira Copa do Mundo.

O jogador foi um dos mais destacados durante a eliminatória à Rússia 2018 pelo seu controle de jogo, as suas assistências e habilidade para atacar pelos costados.

Costa Rica estreará no Mundial o 17 de junho frente à Sérvia e depois se medirá com o Brasil e a Suíça no Grupo E. EFE


Leia também