Mágoa? Rafinha encerra "assunto Flamengo" e aponta "fator diferencial" que o levou a acerto com o Grêmio

Antonio Mota
·1 minuto de leitura

Contratado pelo Grêmio após o Flamengo desistir oficialmente de sua contratação, o lateral-direito Rafinha participou do “Arena SBT” e negou guardar qualquer ressentimento de seu ex-clube. Em programa, o camisa 13 disse que “já falou tudo que tinha para falar" e garantiu que carrega o Rubro-Negro e a Nação no coração.

"Acho que já falei tudo que eu tinha para falar. Meu sentimento é de gratidão aos torcedores (do Flamengo) e ao clube. Carrego o Flamengo e o torcedor do Flamengo no meu coração. A partir de agora sou jogador do Grêmio e vou me de dedicar 100% aqui", declarou Rafinha. Cabe notar que ele declarou ter sido vítima de uma guerra política no Mais Querido.

Rafinha é ídolo no Flamengo. | Miguel Schincariol/Getty Images
Rafinha é ídolo no Flamengo. | Miguel Schincariol/Getty Images

“Do fundo do meu coração, sabe a mágoa que eu tenho do Flamengo? Zero. Mágoa nenhuma da diretoria. A única coisa que eu quis foi deixar claro o que realmente era. Mágoa zero. Só deixei claro o que realmente aconteceu. Mágoa zero", completou o mais novo reforço do Grêmio.

Além disso, Rafinha também destacou Renato Portaluppi e confirmou que o treinador foi um dos motivos dele ter se mudado para Porto Alegre.

"O Renato é um cara que eu sempre fui fã do trabalho, é um treinador que sempre está chegando, e isso me motivou também a vir para cá, ter uma pessoa vitoriosa. Sempre é bom estar com gente que chama título. Vou ter o prazer de trabalhar com ele também".

As informações acima são do UOL Esporte.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.