Juventus vence Sampdoria e segue caminhada tranquila rumo ao hexa no Italiano

(Atualiza com resultados de Udinese e Palermo, e Roma e Sassuolo).

Roma, 19 mar (EFE).- A Juvents deu mais um passo neste domingo na tranquila caminhada rumo ao sexto título consecutivo do Campeonato Italiano, ao vencer a Sampdoria, fora de casa, por 1 a 0, em dia de êxitos de Roma e Napoli, principais perseguidores do líder.

No estádio Luigi Ferraris, os 'Bianconeros' definiu logo o placar, encerrando série invicta de sete jogos do adversário. O meia-atacante colombiano Juan Cuadrado balançou as redes logo aos 7 minutos do primeiro tempo.

Para levar a melhor na partida, a Juve teve que superar a perda do atacante argentino Paulo Dybala, que deixou o gramado, machucado, ainda aos 28 minutos do primeiro tempo, dando lugar ao meia croata Marko Pjaca.

O lateral-direito Daniel Alves atuou durante 90 minutos pela equipe de Turim, enquanto o goleiro Neto e o lateral-esquerdo Alex Sandro passaram todo duelo no banco, mesma situação do também ala canhoto Dodô, da Sampdoria.

Com o resultado positivo, a Juventus chegou aos 73 pontos na competição. A equipe de Gênova, por sua vez, está no nono lugar, com 41 pontos.

A Roma fechou a 29ª rodada do Italiano com vitória, de virada, sobre o Sassuolo por 3 a 1, no Estádio Olímpico. O resultado positivo valeu a retomada da segunda colocação na tabela, perdida mais cedo para o Napoli.

O atacante francês Gregorie Defrel abriu o marcador para os visitantes, que estão no 15º posto, ainda aos 9 minutos do primeiro tempo. Pouco depois, aos 16, o meia argentino Leandro Paredes deixou tudo igual.

Nos acréscimos da etapa inicial, a Roma reverteu o placar graças a gol do meia-atacante egípcio Mohamed Salah. Depois do intervalo, aos 23, o centroavante bósnio Edin Dzeko fez o terceiro e garantiu os três pontos, que levaram a equipe aos 65.

O Napoli, com os volantes Jorginho e Allan entre os titulares, chegou a saltar para a segunda posição, dez pontos atrás dos 'Bianconeros', graças a vitória sobre o Empoli por 3 a 2, fora de casa, na primeira partida disputada neste domingo pelo Campeonato Italiano.

Ainda no primeiro tempo, a equipe do sul do país marcou todos os seus gols, duas vezes com o atacante Lorenzo Insigne, aos 19 e 39 minutos, e uma com o atacante belga Dries Mertens, aos 24. Na etapa complementar, o meia Omar El Kaddouri descontou aos 25, e o veterano atacante Massimo Maccarone deixou o seu aos 37.

Quarta colocada na competição, ainda de olho na possibilidade de ir à Liga dos Campeões da Europa, a Lazio não saiu do empate com o Cagliari em 0 a 0, fora de casa, e terminar a rodada sete pontos atrás do terceiro colocado na tabela, o Napoli.

A Atalanta, que recuperou hoje a sexta posição, se reabilitou de goleada sofrida para a Inter de Milão por 7 a 1, e venceu o lanterna Pescara por 3 a 0, em casa. Os gols do time do zagueiro Rafael Tolói foram marcados pelo meia argentino Alejandro Gómez, duas vezes, e pelo meia italiano Alberto Grassi.

Ainda sonhando com vaga em competição continental, a Fiorentina derrotou o Crotone, penúltimo colocado na classificação, por 1 a 0, fora de casa. O responsável por definir o placar da partida foi o atacante croata Nikola Kalinic, nos acréscimos do segundo tempo.

A Udinese, contando com o zagueiro, hoje atuando de lateral-esquerdo Samir, ex-Flamengo, e Danilo, ex-Palmeiras, bateu o Palermo, em seu estádio, por 4 a 1. O Bologna, por sua vez, passou com tranquilidade pelo Chievo, jogando dentro de seus domínios, por 4 a 1. EFE