Lyon rescinde contrato com zagueiro Marcelo, após brasileiro ser afastado da equipe

·1 min de leitura

O Lyon anunciou nesta quarta-feira (26) que rescindiu seu contrato com o zagueiro brasileiro Marcelo Guedes, ex-jogador do Santos FC. Marcelo estava no Olympique Lyonnais desde 2017 e deveria ficar no clube até junho de 2023, mas vinha sendo perseguido pela torcida.

O zagueiro brasileiro chegou ao clube francês em 2017, em uma transferência da equipe turca Stamboulian Besiktas que custou R$ 46 milhões (€ 7,5 milhões) aos cofres do OL.

Ao longo dos cinco anos que passou em Lyon, Marcelo teve vários momentos de altos e baixos. Nas 167 partidas disputadas pela equipe, ele portou por diversas vezes a braçadeira de capitão e marcou 8 gols.

No entanto, em 2019, o gigante de 1,91m passou a ser alvo dos ataques da torcida organizada do Lyon, conhecida por sua violência. Durante a disputa pela Champions League, os torcedores foram ao aeroporto de Lisboa insultar o brasileiro, que entrou na discussão.

Na sequência, de volta a Lyon, um torcedor invadiu o campo carregando uma faixa com o desenho de um burro e a frase “Fora, Marcelo” (em francês, Marcelo Dégage). O evento deu início à invasão do campo pela torcida e a uma briga generalizada com jogadores. Na ocasião, Marcelo chegou a pedir para sair do clube, mas estava no meio do seu contrato.

Os ânimos se acalmaram novamente e, em 2021, o brasileiro renovou seu contrato por mais dois anos. No entanto, sua atuação vinha sendo contestada novamente.

A decisão anunciada nesta quarta-feira foi amistosa, segundo o OL. O jogador de 34 anos está agora livre para assinar pela equipe de sua escolha, provavelmente fora da França.

Bruno Guimarães e o Newclastle


Leia mais

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos