Luxemburgo reencontra o Inter, adversário de sua primeira vitória como técnico do Vasco em 2019

LANCE!
·3 minuto de leitura


Em 2019, Vanderlei Luxemburgo foi contratado para tirar o Vasco da zona da confusão. Apesar da dificuldade, o técnico conseguiu salvar a equipe e o início da reação aconteceu após conquistar a sua primeira vitória, sobre o Internacional, em São Januário. Neste domingo, o comandante reencontrará o Colorado, e uma vitória na Colina Histórica tirará a equipe do Z4 restando apenas dois jogos para o fim da competição.

> Confira e simule a classificação do Campeonato Brasileiro


Na ocasião, o time deixou a lanterna do campeonato ao vencer os gaúchos por 2 a 1, com gols de Andrey e Tiago Reis. É preciso salientar que em 2019, Luxa teve mais jogos para construir uma campanha mais sólida na luta contra o rebaixamento (praticamente um campeonato inteiro). Dessa vez, ele assumiu no início de 2021, com 12 "finais" pela frente para salvar o Vasco da queda.

Neste sábado, o Goiás derrotou o já rebaixado Botafogo e encostou de vez no Cruz-Maltino e no Bahia, que empatou com o Atlético-MG, no Mineirão. O Esmeraldino agora tem 36 pontos, um a menos que a equipe carioca, mas com um jogo a mais. Na última rodada, os goianos visitam o Gigante da Colina em São Januário, em um duelo que pode decidir quem fica na elite do futebol brasileiro. O Tricolor baiano, por sua vez, chegou a 38, um a mais que o Vasco.

> Confira mais notícias sobre o Vasco da Gama

Para o duelo deste domingo, Vanderlei Luxemburgo fará algumas mudanças na equipe. O técnico não poderá contar com o zagueiro Marcelo Alves, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Por outro lado, o Cruz-Maltino terá o retorno do lateral-direito Léo Matos, que não disputou a partida diante do Fortaleza, no Castelão.

> Confira os jogadores que mais vestiram a camisa do Vasco na temporada 2020

Além disso, o lateral-esquerdo Henrique é dúvida depois de levar um pisão em um lance com o zagueiro Paulão na última quarta. Caso não tenha condições de jogo, a tendência é que Neto Borges entre em campo. No meio-campo, o argentino Léo Gil pode voltar à equipe e Yago Pikachu retornar ao ataque, pela ponta direita.

> A reta final: Vasco teve somente quatro vitórias nos últimos 20 jogos. Relembre

Nos dias que antecedem o jogo, tanto Luxa, quanto a nova diretoria do clube, pregaram união neste momento decisivo. Para isso, foram definidas modificações na rotina de trabalho visando os três últimos jogos da competição (Inter, Corinthians e Goiás). O presidente Jorge Salgado explicou essas mudanças e disse que os atletas assimilaram bem a proposta.

- Estamos todos aqui imbuídos de um só objetivo. A palavra hoje é união, é comprometimento, para alcançarmos nosso objetivo principal. O Vasco hoje é uma unidade. Apresentamos aos atletas nossa proposta de ações até o final do Campeonato Brasileiro em uma conversa muito franca, que foi bem recebida por todos. Todos que quiseram tiveram a palavra, e saio daqui hoje muito satisfeito com o comprometimento de todo o time - afirmou Salgado, ao site oficial do Vasco.