Luxemburgo e principal parceiro do Cruzeiro têm reunião sem a presença de Sérgio Santos Rodrigues

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O técnico Vanderlei Luxemburgo e o principal patrocinador do Cruzeiro, o empresário Pedro Lourenço, se reuniram nesta segunda-feira, 4 de outubro. O encontro foi somente entre os dois, sem a presença do presidente Sérgio Santos Rodrigues, o que mostra que o “racha” público entre os dois é maior do que se pensava.

Pedro Lourenço havia reclamado abertamente sobre a gestão na Raposa, ao declarar que se não for feito nada, o Cruzeiro ficará por muito tempo na segunda divisão do Brasileiro. O isolamento de Santos Rodrigues ficou ainda mais evidente, pois havia outros membros da diretoria celeste então presentes no encontro entre o treinador e o empresário.

Após a vitória sobre o Brasil de Pelotas, no Independência, por 2 a 0, pela Série B, Luxemburgo revelou que teria o encontro com o empresário.

- Amanhã de manhã (segunda-feira), eu vou estar com o Pedro, falando sobre os nossos problemas, já existe caminho sendo percorrido. Sobre a minha permanência na próxima temporada, já estamos conversando, conversei com o Sérgio sobre isso, já existe uma conversa direcionada para um planejamento para a próxima temporada, ela já começar a “start-up”, não dá para você ficar esperando terminar tudo para “start-up”, porque o adversário pode sair na frente - disse Luxemburgo.

O descontentamento de Pedro Lourenço ficou evidente no sábado, 2, quando criticou publicamente Sérgio Santos Rodrigues e a diretoria de futebol, hoje comandada por Rodrigo Pastana.

- Se não mudar muita coisa no Cruzeiro, não vai adiantar. Tem que mudar diretoria de futebol. Se não mudar, não tem meu apoio. Não vou ficar salgando carne podre - disse Pedro Lourenço à Rádio Itatiaia.

As maiores “broncas” do empresário são as grandes chances do Cruzeiro disputar pelo terceiro ano seguido a Série B e os constantes atrasos de salários.

Pedro Lourenço ajudou o clube com a antecipação da compra de patrocínio master de 2023 por mais de R$ 8 milhões.

Como os vencimentos seguem longe de ficarem em dia, o empresário disse que descarta um novo aporte para ajudar o clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos