Luxemburgo avisa após estrear no Vasco: 'A coisa não vai ser tão fácil'

Vasco chegou a dois meses de salários atrasados (Foto: Marcello Dias/Eleven)

Lanterna do Brasileirão, Vasco chega a dois meses de salários atrasados

Vasco chegou a dois meses de salários atrasados (Foto: Marcello Dias/Eleven)

Vanderlei Luxemburgo estreou como técnico do Vasco na noite deste domingo, empatando com o Avaí em 1 a 1, pelo Campeonato Brasileiro, em São Januário. Com apenas uma semana de treinamento, o time acabou não conseguindo, por enquanto, desenvolver o estilo do treinador, que avaliou a estreia afirmando que há muito trabalho pela frente e que não será tão fácil.

- Aconteceram coisas boas. A equipe buscou, lutou. Tem muito trabalho pela frente. A coisa não vai ser tão fácil. Vamos ajeitando a equipe. Vamos trabalhar. O primeiro tempo não foi como a gente imaginava. Eles tiveram uma supremacia. Criamos muito pouco. Empataram no finzinho. Esse que é o problema. No fim, não tem mais jogo. Tem de aprender a ganhar o jogo. Tem de fazer uma falta, a bola não sai. Matar a jogada - afirmou o treinador, em coletiva, completando:

- Existe uma coisa que as pessoas se iludem muito. Semanas livres. Acham que com isso você ganha vantagem. Uma coisa é ritmo de treino. Outra coisa é ritmo de jogo. Jogando quarta e domingo, você tem ritmo de jogo. Jogando só fim de semana, tem ritmo de treino. A vitória era importante. Jogando mal tecnicamente como jogamos, mas tivemos coisas importantes. Essa coisa que temos de trabalhar. Não jogamos bem tecnicamente. Mas gostei dos jogadores, mesmo mal, tentando superar a deficiência técnica.

Um outro ponto destacado por Vanderlei Luxemburgo foi a parada que o Campeonato Brasileiro fará por conta da Copa América do Brasil, que começa mês que vem. Durante este período, o treinador acredita que conseguirá fazer as mudanças necessárias na equipe. O técnico ainda fez ponderações sobre responsabilidade de defender o Vasco.

- Estamos iniciando o trabalho. Vamos ter a parada para a Copa América. Temos 40 e poucos jogadores. São muitos jogadores para trabalhar. Vamos ter de olhar isso com carinho. Ver o que podemos fazer com a diretoria. Isso é normal, mas tem de ser com calma. Quem não tiver preparado para assumir a responsabilidade da camisa do Vasco não pode jogar aqui. Para jogar no Vasco, pela grandeza do clube, tem de ser jogador que assuma a responsabilidade. Torcida vai vaiar, xingar, mas tem de chamar o jogo para ele - finalizou o comandante.

Com o resultado, o Vasco segue na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro - o Cruz-Maltino foi a dois pontos, na lanterna. Luxemburgo terá mais uma semana inteira para trabalhar, já que a equipe volta a campo apenas no próximo domingo, quando visita o Fortaleza.

Mais no Yahoo Esportes:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também