Lutador do UFC projeta retomar faculdade após próxima apresentação no octógono

AgFight

Depois de estrear no UFC com derrota, Felipe ‘Cabocão’ volta à ação no evento que a organização promoverá neste sábado (20), no Texas (EUA). E, ainda que neste momento o foco do peso-galo (61 kg) brasileiro seja o duelo contra Domingo Pilarte, o amapaense já tem planos para quando voltar ao Rio de Janeiro, local onde vive atualmente: retomar os estudos na faculdade de contabilidade.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, ‘Cabocão’ revelou que a sua equipe, a ‘Team Nogueira’, firmou parceria com uma faculdade particular. E, com o pensamento já no futuro, o atleta de 25 anos planeja concluir o ensino superior para que tenha opções também fora do universo da luta quando se aposentar do MMA.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Está nos meus planos retornar (à faculdade) após a próxima luta. Falta pouco e é importante ter a visão não só do momento como lutador, mas também do momento futuro, após a luta. E na academia nós fechamos agora a parceria com uma faculdade e vamos conseguir conciliar treinamento, dieta, alimentação e estudo. (…) Vou voltar para a Contabilidade, faltam quatro semestres apenas, então está mais perto de terminar”, projetou, antes de ressaltar que recebe estímulo dos seus treinadores para concluir o ensino superior.

“Com o surgimento dessa parceria, os instrutores da academia estão sempre estimulando os atletas a conciliarem o treinamento para que não tenhamos uma visão só de momento. Para pensarmos no que vamos fazer depois que tudo isso acabar, se vou querer ser um professor de lutas ou apostar em uma outra carreira, então isso é muito importante para mim”, completou.

Contra Pilarte, Cabocão irá em busca da primeira vitória no Ultimate, já que em sua estreia pela maior organização de MMA do planeta, em fevereiro, ele foi superado por Geraldo de Freitas por decisão unânime dos jurados presentes no UFC Fortaleza. Passado o nervosismo da estreia e com mais tempo para se preparar, já que ele foi escalado de última hora para o duelo anterior, ele projeta utilizar os ensinamentos trabalhados na Team Nogueira para buscar o triunfo.

“Estudamos o jogo dele, vimos que ele é um cara que gosta de trocar, de vir para cima, de provocar o adversário, mas também coloca para baixo em alguns momentos da luta quando se sente ameaçado. É um cara que não é bobo no chão e nem na trocação e é isso que a gente vem trabalhando. (…) Com foco mais na parte em cima, para chegar na curta distância e colocar no chão”, concluiu.

Aos 25 anos, Cabocão conheceu a primeira derrota como lutador profissional de MMA ao sucumbir na estreia pelo UFC. Além do revés, o peso-galo amapaense possui oito vitórias no cartel. Já Pilarte, seu próximo rival, fará a primeira luta no Ultimate, mas possui um retrospecto idêntico ao de Felipe: oito triunfos em nove lutas.

Leia também