Lutador de luta-livre encerra a carreira após amputar braço por infecção

Extra
·1 minuto de leitura

O lutador de luta-livre Jimmy Rave teve seu braço amputado devido a uma infecção e anunciou sua aposentadoria aos 37 anos. Ele descobriu a infecção na semana passada, mas quando foi examinado, os médicos não conseguiram salvar o membro.

O ex-wrestler anunciou a notícia divulgando um comunicado no Twitter com a legenda: "Este é o tweet mais difícil que já tive [para] publicar. Fui muito abençoado nos últimos 21 anos no wrestling profissional e consegui viver meu sonho. Hoje esse sonho acabou para mim e tenho uma nova realidade", declarou.

"Na última terça-feira, meu mundo desabou quando os médicos descobriram uma infecção no meu braço esquerdo. Eu tentei resistir, mas quando vi um médico já era tarde demais e eles tiveram que amputar meu braço esquerdo acima do cotovelo. Assim, efetivamente encerrando minha carreira no ringue", completou.

Rave agradeceu a seus colegas profissionais de wrestling antes de alertar as pessoas para levarem sua saúde mais a sério.