Lula será diplomado em 12 de dezembro, diz TSE

Presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva em Brasília

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) será diplomado no dia 12 de dezembro, informou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta terça-feira.

A diplomação é um dos passos formais necessários para que o presidente eleito tome posse no dia 1º de janeiro. Assim como Lula, o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) também será diplomado no dia 12.

"A diplomação é uma cerimônia organizada pela Justiça Eleitoral para formalizar a escolha do eleito pela maioria das brasileiras e dos brasileiros nas urnas. Durante o evento, que marca o encerramento do processo eleitoral, serão entregues os respectivos diplomas assinados pelo presidente do TSE, ministro Alexandre de Moraes", disse o TSE em nota.

Lula, de 77 anos, foi edleito no mês passado para voltar à Presidência ao derrotar o atual presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL), no segundo turno das eleições.

Presidente por dois mandados de janeiro de 2003 ao fim de 2010, ele se tornou a primeira pessoa a conquistar um terceiro mandado presidencial na história democrática do país.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)