Veja principais trechos da fala de Lula em 1º pronunciamento após decisão do STF que devolveu seus direitos políticos

·3 minuto de leitura

.

Foto: AP Photo/Andre Penner
Foto: AP Photo/Andre Penner

Em pronunciamento nesta quarta-feira (10), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez duras críticas ao governo de Jair Bolsonaro (sem partido), principalmente na condução da pandemia do novo coronavírus. O petista defendeu a vacinação em massa, criticou Eduardo Pazuello, ministro da Saúde, entre outros temas.

Veja abaixo, os principais pontos abordados pelo ex-presidente em sua fala

1. "Não sigam nenhuma decisão imbecil do presidente ou do ministro da Saúde"

"Não sigam nenhuma decisão imbecil do presidente ou do ministro da Saúde. Tomem a vacina, porque a vacina é uma das coisas que pode livrar você do covid", disse Lula ao afirmar que deve se imunizar contra a Covid-19 na semana que vem. Ele ressaltou ainda que, diferentemente da postura adotada por Bolsonaro, fará propaganda da vacina para o povo.

Leia também

2. "Cadê o Zé Gotinha?"

"Na minha época vacinamos 80 milhões em três meses. Cadê o Zé Gotinha? Bolsonaro mandou embora porque achou que era petista. Não me importa de que país, não me importa se é duas ou uma e quero fazer propaganda pro povo brasileiro. Não siga nenhuma decisão imbecil do Presidente da República ou do Ministro da Saúde. Tome vacina. Tome vacina porque a vacina é uma das coisas que pode livrar você do covid. Mas, mesmo tomando vacina, não ache que pode tomar vacina e já tirar a camisa, ir pro boteco pedir uma cerveja gelada e ficar conversando. Não. Precisa continuar fazendo o isolamento e continuar usando máscara e álcool-gel. Pelo amor de Deus", afirmou.

3. "Fui vítima da maior mentira jurídica contada em 500 anos que história"

"Eu sei que fui vítima da maior mentira jurídica contada em 500 anos que história. Eu sei que a minha mulher, Marisa, morreu por causa da pressão e o AVC se agravou", disse o ex-presidente. (...)“A dor que eu sinto não é nada, diante da dor que sofrem milhões e milhões de pessoas, é muito menor que a dor que sofrem quase 270 mil pessoas que viram seus entes morrer e sequer puderam se despedir dessa gente, dar o último olhar na pessoa que a gente ama", lamentou.

4. "Maior mentiroso da história"

"Depois de tanta mentira contra mim, pela primeira vez a verdade prevaleceu. Dita não por alguém do PT, mas dita pelos ministros do STF Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski e até Carmén Lúcia" (...) "Vamos insistir na suspeição do Moro. Ele não tem direito de ser o maior mentiroso da história do país e se transformar em herói".

5. "Lava-Jato desapareceu da minha vida"

"Estou muito de bem com a vida. A Lava-Jato desapareceu da minha vida. Estou satisfeito que tenha sido reconhecido o que meus advogados diziam. Sei que é constrangedor pra quem me acusou parar de acusar. Olha como eu estou muito mais sereno do que o Bonner ontem dando a notícia.

6. "Não tive tempo para pensar em 2022"

Minha cabeça não teve tempo para pensar em 2022"(...) "Tem momento para tudo. Não podemos ficar respondendo à insistência da imprensa de saber se seremos candidato ou não. O que precisamos é colocar nossa gente para andar e conversar com o povo. E depois, vamos discutir o resultado."

7. "Como é que pode o gás de cozinha estar R$105?"

"A gente briga pelo auxílio emergencial, porque enquanto o governo não promove geração de emprego, o povo vai morrer de fome?! Não precisa ler Marx pra defender isso."ficava feliz de ver o trabalhador pegando a picanha e falando: vou comer picanha. Vocês não sabem a alegria que eu tinha de ver um peão falando que ia ter picanha no churrasco... Como é que pode o gás de cozinha tá R$ 105?!".