Lula lamenta morte de Roberto Dinamite e diz: 'Sou torcedor do Vasco no Rio'

Lula lamentou a morte de Roberto Dinamite, neste domingo (Foto: Ricardo Stuckert/Divulgação)


Ídolo do Vasco, Roberto Dinamite morreu neste domingo, aos 68 anos. Principal artilheiro do clube carioca e maior goleador do Brasileirão, o ex-jogador lutava contra um câncer no intestino. Presidente da República, Lula prestou homenagem ao craque.

- Roberto Dinamite foi um gigante na história do Vasco da Gama e do futebol brasileiro. Como torcedor do Vasco no Rio, admirei muito seu futebol bonito, ofensivo, de um chute tão potente de perna direita que virou apelido. E de apelido, sobrenome - escreveu Lula.

+ Roberto Dinamite morre aos 68 anos, maior ídolo da história do Vasco

- Além de grande jogador, foi também político, sendo deputado estadual por cinco mandatos e dirigente do Vasco da Gama, lutando para modernizar a gestão do clube. Meus sentimentos aos familiares, amigos, vascaínos e admiradores de todas as torcidas de Carlos Roberto de Oliveira, o Roberto Dinamite - completou.

+ Vascaíno, Eduardo Paes lamenta morte de Roberto Dinamite: 'Amigo e generoso'

Roberto Dinamite descobriu câncer no intestino no fim de 2021, e desde então, tratava a doença. Nas últimas semanas, o ex-jogador apareceu bastante debilitado nas redes sociais. O craque morreu nesta manhã no Hospital da Unimed, na Barra da Tijuca.

+ Morre Roberto Dinamite: relembre os maiores feitos do craque com a camisa do Vasco

Pelo Cruzmaltino, Dinamite conquistou cinco Cariocas, além do Campeonato Brasileiro de 1974. O ex-jogador também atuou no Barcelona e encerrou a carreira na Portuguesa-SP. 'Bob' somou passagem também pela Seleção Brasileira.

+ Casimiro: 'Vasco da Gama e Roberto Dinamite serão para sempre um só'

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.