Lukaku se recupera bem, mas não enfrentará Marrocos, diz técnico da Bélgica

Atacante da seleção da Bélgica Romelu Lukaku em Bruxelas durante partida para a Copa do Mundo do Catar

Por Nick Said

AL RAYYAN, Catar (Reuters) - O atacante Romelu Lukaku está adiantado em sua recuperação de uma lesão, mas é pouco provável que se apresente contra o Marrocos na segunda partida da Bélgica no Grupo F da Copa do Mundo do Catar no domingo, confirmou o técnico da seleção belga, Roberto Martínez.

Lukaku jogou dois jogos por seu clube desde agosto devido a problemas de coxa e no tendão, e Martínez está adotando uma abordagem cautelosa em relação a um jogador que é fundamental para as chances da Bélgica no Mundial do Catar.

"Romelu só estaria disponível para o terceiro jogo (contra a Croácia) e nós vamos continuar com isso, mas ele está adiantado em relação a onde deveria estar em sua recuperação", disse Martínez aos repórteres neste sábado.

"Ele já treinou duas vezes com o grupo e os sinais são muito bons. Temos que ver como ele reage hoje no treinamento. Eu não espero que ele esteja envolvido (contra o Marrocos), ele ainda não está 100% neste momento."

O zagueiro Toby Alderweireld e o meio-campista Kevin De Bruyne foram vistos em uma discussão acalorada durante a vitória na estreia sobre o Canadá por 1 x 0. Martínez minimizou o episódio e insistiu que não existe um problema entre os dois.

"Não devemos tentar criar um problema onde não há um", disse ele. "Você tem dois jogadores experientes que já jogaram mais de 70 jogos juntos pela seleção nacional. Eles são ambos vencedores e querem realmente ter um bom desempenho."

Martínez está ciente da ameaça representada por Marrocos, uma equipe que ele conhece bem e que tem quatro jogadores nascidos na Bélgica no plantel.

"Eles são uma equipe com uma mistura muito boa entre seu talento e sua qualidade", diz ele. "Eles têm jogadores que podem criar vantagens numéricas em áreas amplas. Eles são bem organizados, disciplinados e têm uma boa estrutura no meio."

"Eles jogam de igual para igual contra qualquer um."

A Bélgica foi criticada por sua fraca exibição contra os canadenses, bem abaixo do padrão que estabeleceram nos últimos anos.

Mas Martínez diz que os belgas, como outras equipes da competição, vão melhorar, não tendo tido sua preparação habitual para uma Copa do Mundo.

"Chegamos ao primeiro jogo com cinco (sessões de treinamento) e isso significa que a equipe não está pronta. Vimos as equipes começarem muito bem (em partidas), mas depois não conseguiram administrar o jogo", disse ele

"Você verá as equipes estarem prontas somente depois de três jogos. Eles têm que se preparar enquanto estão no torneio e isso é perigoso porque pode custar pontos."