Luka Doncic e o início de MVP da temporada da NBA

Yahoo Esportes
(Foto: Reuters)
(Foto: Reuters)


Em três semanas de temporada regular, poucos jogadores têm impressionado tanto na NBA quanto Luka Doncic, armador do Dallas Mavericks e Novato do Ano em 2018-19 na liga, deixando para trás Trae Young em uma briga bastante acirrada. Ele é o responsável pelos Mavs terem um dos melhores ataques até aqui, e conseguindo por enquanto se colocar em situação de brigar pelos Playoffs.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

Se no primeiro ano como profissional nos Estados Unidos, o jovem esloveno impressionou com 21,2 pontos, 7,8 rebotes e 6,6 assistências por partida, a média dele nos primeiros dez jogos na segunda temporada são ainda mais incríveis. Doncic tem produzido para Dallas 28,3 pontos, 10,3 rebotes e 8,7 assistências por jogo, números que demonstram o quão envolvido no jogo ele sempre está.

Leia também:

Para efeitos de comparação, Russell Westbrook não passou dos 25 pontos por jogo nas temporadas em que conseguiu médias de triplos-duplos, o que não está tão distante para Doncic, que produziu dois dígitos em três categorias quatro vezes na temporada até aqui, número só igual ao de LeBron James.

O armador também tem compensado o período natural de adaptação que seu companheiro Kristaps Porzingis tem passado, após 18 meses sem atuar profissionalmente. O pivô de mais de 2,20m tem 18 pontos e 8 rebotes por partida, o que é bom, mas não se aproxima da produção do companheiro europeu.

Se os Mavs são a sétima equipe com mais pontos por jogo na NBA nos primeiros jogos (115,3), Doncic faz com que o time seja o mais eficiente, e produza mais pontos a cada 100 posses de bola do que qualquer outro rival (113,5). Quando o armador está em quadra, no entanto, esse número sobe para 114, enquanto cai para 104,1 quando ele descansa nas partidas.

Para o futuro dos Mavericks, os sinais são muito bons, ainda mais quando observado o quanto o jovem armador é capaz de decidir jogos e chamar a responsabilidade nos momentos mais difíceis.

Esse fato minimiza, por exemplo, Luka estar arremessando abaixo dos 32% nas bolas de três pontos. Isso porque ele tem mostrado que é confiável nesse tipo de lance nos momentos cruciais das partidas, e sempre toma a decisão certa, seja arremessar ou encontrar um companheiro livre. 

É bem provável que Doncic não consiga manter seus números tão altos ao longo de toda a temporada. Mesmo assim, é bastante impressionante para um jovem de 20 anos estar conseguindo liderar sua equipe na NBA e ainda produzir tanto individualmente.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter


Leia também