Luiz Felipe, do Santos, admite ansiedade para retornar às atividades, mas afirma: 'Expectativa da cura é maior'

Fábio Lázaro
LANCE!


Um dos líderes do elenco do Santos nesta temporada, o zagueiro Luiz Felipe não esconde a expectativa de retornar a rotina de treinos. No entanto, ele possui a consciência de que a saúde, não só dos atletas, mas de todos ao redor dos envolvidos em um possível retorno das atividades está em primeiro lugar.

– A expectativa de voltar é grande, a rotina de treinos, de jogos. Sabemos que a saúde é a prioridade, e não só a nossa saúde, como a de todos que estão e não estão ao nosso redor. Existe sim a expectativa de retorno, mas a expectativa de cura, de solução para isso tudo é muito maior – disse ao LANCE!.


Embora no início de junho o Santos tenha emitido um comunicado interno dizendo que não prevê a volta dos treinamentos neste mês, a possibilidade existe e passa diretamente por uma reunião que acontecerá entre a Federação Paulista de Futebol e os representantes dos clubes da Série A1 na tarde desta quarta-feira.

Mas, enquanto a vida não volta ao normal, o defensor santista tem passado o tempo jogando videogames e curtindo a família.

– Meus passatempos estão sendo jogar videogame, sempre que posso tenho jogado. Tenho passado muito tempo com a minha filha, de três anos. Passamos muito tempo juntos com ela (eu e minha esposa). Participar e estar aqui do lado dela diariamente não é uma coisa que a gente tem, então isso tem sido muito bom, acompanhar esse crescimento e desenvolvimento da minha pequena – contou

Até a paralisação do futebol brasileiro, por conta do novo coronavírus, Luiz Felipe participou de oito das 12 partidas do Santos na temporada. Ao lado de Luan Peres, o camisa dois formou a dupla de zaga titular do Peixe nos seis primeiros jogos do ano.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também