Luisa Stefani tira a zica contra japonesas e faz semi em Cincinnati

·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


A paulistana Luisa Stefani segue embalada após a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio e se vingou das japonesas Ena Shibahara e Shuko Aoyama para se garantir, ao lado da canadense Gabriela Dabrowski, na semifinal do WTA de Cincinnati, a 3ª consecutiva.

Tendo sido derrotada por Shibahara e Aoyama três vezes nesta temporada jogando ao lado da americana Hayley Carter, Stefani entrou embalada ao lado de Dabrowski e confirmou a grande fase com placar de um duplo 6/3 após 1h18 de partida tendo convertido o único ace da partida e vencido 69% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 63% de aproveitamento das japonesas, que cometeram duas duplas-faltas.

A partida começou com a parceria da paulistana conquistando quebra de saque já no primeiro game e administrando a vantagem, para voltar a romper o saque das rivais no 9º game fechando a parcial em erro de Aoyama.

Na segunda etapa, nova quebra cedo na disputa, no 2º game, que possibilitou para Luisa e Gabi abrirem 3/0 no placar e administrarem.

Vindo do título em Montreal, Luisa Stefanie Dabrowski chegam a sua 3ª semifinal consecutiva, contando o WTA de San Jose. Em Cincinnati, elas esperam pela dupla vencedora do duelo entre as tcheca Katerina Sinikova e Barbora Krejcikova contra a americana Bethanie Mattek Sands e a polonesa Iga Swiatek.

Vale lembrar que neste ano, Stefani foi derrotada por Shibahara e Aoyama nas finais de Abu Dhabi e Miami e ainda nas oitavas de final do Australian Open.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos