Luis Suárez faz o Atlético jogar mais no ataque, diz Simeone

·1 minuto de leitura
O atacante uruguaio Luis Suárez celebra um dos dois gols que marcou na sua estreia pelo Atlético de Madrid, na vitória por 6 a 1 sobre o Granada pelo Campeonato Espanhol
O atacante uruguaio Luis Suárez celebra um dos dois gols que marcou na sua estreia pelo Atlético de Madrid, na vitória por 6 a 1 sobre o Granada pelo Campeonato Espanhol

O treinador do Atlético de Madrid, Diego Simeone, acredita que a chegada do uruguaio Luis Suárez ao clube fez com que a equipe jogasse mais no ataque devido à "necessidade de o abastecer" com bolas. 

"Acho que isso é gerado pela presença de Luis Suárez, sua presença gera uma necessidade de o abastecer" com bolas, disse Simeone na coletiva de imprensa antes do jogo desta terça-feira contra o Lokomotiv Moscou pela 3ª rodada do Grupo A da Liga dos Campeões . 

“Obviamente (Diego) Costa tem outras características, o (Álvaro) Morata tinha outras características para poder jogar nos espaços, em campo longo. O Luís precisa de gente mais perto dele”, declarou Simeone. 

O uruguaio precisa “estar onde sabe que pode atacar e a equipe busca o mais importante, a maneira de marcar”, explicou o treinador. 

Simeone insistiu no fato da estilo de jogo se adaptar às características dos jogadores que possui. 

"Claramente, as características do Suárez nos fazem ter essa preocupação em melhorar sua situação de jogo", declarou.

“Obviamente, as equipes são geradas assim, na época com o Falcao jogávamos de uma forma, com o Costa jogamos de outra e agora com o Suárez temos de nos agarrar a uma nova situação com a qual vivemos juntos”, destacou o técnico.

gr/mcd/lca