Luis Henrique tem domingo de gala com a camisa do Botafogo

André Schmidt
LANCE!


Não foi uma vitória fácil do Botafogo sobre o Boavista. O gol de Bruno Nazário, que selou o 2 a 1 para o Alvinegro, saiu apenas aos 46 minutos do segundo tempo. Alex Santana havia aberto o placar e Michel empatado. Nos dois gols botafoguenses, um personagem em comum: Luis Henrique.

Vestindo a camisa 11, o garoto de apenas 18 anos de idade foi responsável por dar as duas assistências para os tentos do Glorioso. Agora, já são três passes para gol e uma bola na rede em apenas cinco jogos nesse Campeonato Carioca. É o maior garçom do time na temporada.

A participação de Luis Henrique, no entanto, não se limitou aos passes paras os gols. O atacante foi o jogador mais perigoso da equipe, liderando também as chances criadas. Segundo o Footstats, foram cinco assistências para finalização e quatro dribles certos, além de uma ótima jogada individual no 1º tempo que terminou com grande defesa do goleiro Klever.

Luis Henrique driblou, criou, serviu e finalizou. Faltou apenas o gol para o menino, mas nem isso apagou a sua noite de gala com a camisa do Botafogo. Veja os números:

LUIS HENRIQUE CONTRA O BOAVISTA
-Dados do Footstats

90 minutos em gol
0 gols
2 passes para gol
5 assistências para finalização
1 finalização certa
1 finalização errada
25 passes certos
3 passes errados
4 dribles certos
0 dribles errados




















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também