Luis Fernández prepara candidatura à presidência da federação francesa

AFP
O ex-jogador e técnico Luis Fernandez, no dia 10 de agosto de 2011 em Genebra
O ex-jogador e técnico Luis Fernandez, no dia 10 de agosto de 2011 em Genebra

O ex-jogador da seleção francesa e técnico Luis Fernández anunciou nesta quinta-feira que quer apresentar uma lista com uma candidatura à presidência da Federação Francesa de Futebol (FFF) cujas eleições estão agendadas para março de 2021, garantindo que ele deseja "participar da reconstrução".

"Temos que reorganizar a casa do futebol francês, que está em más condições, para permitir que ela seja reconstruída em novas fundações", disse ao jornal L'Equipe o campeão europeu de 1984 com a França, revelando que tem o apoio de outras ex-astros do futebol, como o companheiro de equipe Alain Giresse e o campeão mundial de 1998, Liliam Thuram.

"Não tenho nada contra a Federação, mas não concordamos com ela. Não há um grande chefe no comando!", disparou o ex-técnico do PSG e do Athletic Bilbao, entre outros.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Noël Le Graët (de 78 anos), que preside a FFF desde 2011 e foi reeleito em 2017 para um segundo mandato, não indicou se deseja solicitar sua sucessão.

As eleições presidenciais, agendadas para dezembro de 2020, foram adiadas para 13 de março de 2021 devido à pandemia de coronavírus.

Fernández, nascido na Espanha há 60 anos, não poupou críticas ao atual presidente, principalmente devido à decisão das autoridades francesas de futebol de cancelar definitivamente a temporada 2019-2020 em abril por causa do coronavírus, quando os outros principais campeonatos europeus estudavam planos para concluir a temporada.

Fernández descartou que ele próprio encabeçaria a lista para suceder Le Graët. "Deve ser alguém que esteja interessado em nosso projeto de futebol e que possa se juntar a nós", provavelmente um ex-jogador cuja identidade ainda não foi revelada.

Leia também