Luis Enrique fala sobre sexo durante a Copa do Mundo

Trener Luis Enrique  during the World Cup match between Spain v Costa Rica, in Doha, Qatar, on November 23, 2022. (Photo by Foto Olimpik/NurPhoto via Getty Images)
Trener Luis Enrique during the World Cup match between Spain v Costa Rica, in Doha, Qatar, on November 23, 2022. (Photo by Foto Olimpik/NurPhoto via Getty Images)

Todo mundo quer afastar o fantasma das lesões na Copa do Mundo. A excessiva atividade física a que os jogadores foram submetidos, com partidas a cada poucos dias e competindo com seus clubes até quase o início da Copa, continua a atormentar as equipes.

De qualquer forma, para Luis Enrique, treinador da Espanha, não importa que seus jogadores sofram um pouco mais de desgaste.

Leia também:

Lucho lançou mais uma de suas pérolas no Twitch, plataforma na qual está fazendo transmissões ao vivo da concentração no Catar. Aprofundando na seção sexual, o treinador foi enfático.

“Cara, se você for a um bacanal, é evidente que não é o melhor para um dia antes do jogo. Mas quando estamos nos clubes, os jogadores dormem em casa e não me importa se fazem sexo ou não”, explicou.

A explicação do Mister foi muito simples: “Se eles praticam porque precisam e vai bem para eles, que bobagem. Repito: com bom senso. Cada um com sua companheira, com sua esposa ou com quem quiser, mas dentro da normalidade”.

“Sou totalmente a favor de que as pessoas vivam a vida normalmente. Quão importante é isso? Pelo contrário, considero importante. Como jogador, quando não estávamos concentrados, sempre que podia com a minha mulher fazíamos o que tínhamos de fazer”, encerrou o assunto.

Vale lembrar que Ferran Torres, atacante da Espanha que fez dois gols na goleada por 7 a 0 sobre a Costa Rica, namora com a filha de Luis Enrique.

Luis Enrique está ciente dessa relação e a aprova plenamente, a ponto de se permitir brincar com os pombinhos. Recentemente, ao ser questionado em uma transmissão do Twitch quem era o "treinador em casa", ele soltou: "Cara, minha escolha é muito fácil: Sr. Ferran Torres, se minha filha não me agarrar e cortar minha cabeça”. Ferran, por sua vez, diz: "Não é mais pressão, o treinador e eu sabemos diferenciar quando é familiar e quando é profissional", finalizou.