Luis Enrique entre 3-4-3 e 4-3-3 para escalar o Barcelona contra a Juventus

Nesta terça-feira (11), o Barcelona enfrenta a Juventus sem contar com um de seus melhores jogadores. Na ausência do meio-campista Sergio Busquets, suspenso, o técnico Luis Enrique está quebrando a cabeça para decidir qual será a melhor escalação para o primeiro duelo das quartas de final da Champions League.

Caso decida manter o 3-4-3 que tantas veze deu certo na atual temporada, o comandante terá diversas opções para fazê-lo. Luis Enrique também pode voltar a usar o 4-3-3, que em um passado recente garantiu muitos títulos mas atualmente não mostra ser a melhor opção, como ficou evidente na derrota por 2 a 0 para o Málaga, no último sábado (08).

Mascherano no meio de campo

Javier Mascherano Barcelona

Masche no meio de campo ou na zaga? (Foto: Getty Images)

A primeira opção é manter o 3-4-3 e colocar Javier Mascherano como volante. Caso opte por esta alternativa, Luis Enrique abre uma vaga na zaga e ganha outro problema a resolver. O trio defensivo que mais deu certo foi composto por Piqué, Umtiti e Mascherano. Mathieu não inspira muita confiança depois do revés para o Málaga e improvisar Jordi Alba como zagueiro pode ser uma invenção perigosa.

Outro improviso no meio de campo

Ivan Rakitic Granada Barcelona

Rakitic pode fazer a função de volante, mas não é o ideal... (Foto: Getty Images)

Uma outra opção para manter o 3-4-3 é improvisar um jogador na proteção da zaga, que poderia ser Rakitic. O problema, aí, é quem vai ficar com outra vaga. André Gomes e Denis Suárez não vêm inspirando muita confiança nestas funções de meio-campo.

Volta o 4-3-3?

GFX Barcelona 433 10 04 2017

Escalação provável contra a Juventus

A terceira opção de Luis Enrique é voltar a utilizar o 4-3-3, que não deu muito certo na atual temporada. Na derrota para o Málaga, isso voltou a ficar muito claro. Entretanto, o 4-3-3 seria a melhor opção para escalar Mascherano como volante e liberar Sergi Roberto e Jordi Alba nas laterais.

Este 4-3-3 poderia, também, mostrar alternativas para o 3-4-3 durante o jogo, com Mascherano recuando para compor a zaga enquanto Iniesta e Rakitic se revezam na proteção à mesma. Os laterais Sergi Roberto e Jordi Alba seria, desta forma, alas.