Luis Enrique elogia excepcional Espanha após goleada, mas planeja mudanças

Técnico Luis Enrique e jogadores da Espanha após goleada sobre Costa Rica

Por Anita Kobylinska

DOHA (Reuters) - O técnico da Espanha, Luis Enrique, elogiou seus jogadores após golear a Costa Rica por 7 x 0 na estreia na Copa do Mundo nesta quarta-feira, e disse que enfrentará a Alemanha com o mesmo nível de ambição.

A seleção campeã mundial em 2010 venceu por sua maior margem de gols em uma Copa do Mundo, com dois gols de Ferran Torres e outros de cinco jogadores diferentes, que ajudaram a marca total da Espanha em Mundiais a passar dos 100 gols.

"Quando as coisas acontecem assim, o futebol se torna um esporte maravilhoso", disse Luis Enrique em entrevista coletiva.

“Fomos excepcionais na condução de bola e na finalização, com a mesma filosofia que a seleção tem há anos. Fomos excepcionais na pressão e os 17 jogadores que participaram estiveram muito bem", disse.

"É a seleção que mais marcou gols em todos os campeonatos que já disputamos. Podemos não ter um jogador de referência que marque 30 gols, mas temos Ferran, Dani Olmo, Marco Asensio, Gavi... Nunca me preocupo em conseguir gols."

O técnico da Espanha destacou a importância do aspecto psicológico do jogo.

"Claro, você tem que trabalhar sua cabeça. Tem sido vital para mim trabalhar com os jogadores para que eles não entrem em campo muito empolgados", disse Luis Enrique.

"Agora temos de trabalhar em outra coisa, mas posso dizer que a equipe não vai relaxar. A Alemanha pode nos vencer, porque é uma potência, mas vamos sair e jogar da mesma forma".

Ele também antecipou que haveria mudanças.

"Não sei quem vai jogar, mas provavelmente não repetirei a escalação. Não jogaremos sete partidas com (os mesmos) 11 jogadores. Tenho certeza de que vou mudar."

A Espanha enfrenta a Alemanha no Grupo E no domingo, com os alemães tentando superar a surpreendente derrota por 2 x 1 para o Japão.