Luciano Quadros projeta Copa Rio Grande do Norte com Potiguar na final da competição

·2 minuto de leitura


Quando voltou ao Potiguar no início de março, Luciano Quadros, o “Russo”, teve um início complicado, já com derrota para o Globo FC por 1 a 0. No entanto, o resultado não abalou a confiança no projeto e na sequência de trabalho conseguiu três vitórias consecutivas, contra o Palmeira, Força e Luz, além de arrancar uma vitória contundente em cima do ABC, dentro do Frasqueirão, por 4 a 2, marcando três gols em apenas 15 minutos. O treinador destacou o comprometimento do elenco com o trabalho realizado.

- Cheguei com uma missão difícil de reconstrução no Potiguar e para lutar por coisas grandes. Ajustamos o elenco e trouxemos peças necessárias para formar um grande grupo e o resultado está sendo refletido no trabalho, conseguimos boas vitórias e vamos pensar em objetivos maiores no decorrer da competição – afirmou.

Ao terminar a fase inicial da Copa Cidade de Natal, o Potiguar ficou fora da final justamente para os dois clubes que não conseguiu superar desde a sua chegada, o Globo FC e o América. Na primeira rodada Copa Rio Grande do Norte, mesmo com o resultado adversos na abertura da primeira rodada do returno, Luciano espera levar o clube até a próxima fase da competição e garantir uma vaga na final. O próximo jogo do Potiguar será contra o ASSU, neste domingo, às 15h, no estádio Nogueirão.

- Não vai ser fácil, mas com os resultados e desempenho no primeiro turno, sabemos que podemos jogar de igual para igual com qualquer time do campeonato. A diretoria confia na gente, assim como os nossos torcedores e esse apoio é fundamental para conquistar essa tão sonhada vaga. O grupo está unido e entrosado para realizar uma campanha tão boa quanto a do primeiro turno. Temos uma grande expectativa para o restante da competição e queremos levar o Potiguar a disputar coisas grandes e tenho certeza que chegaremos com muita humildade e trabalho – resumiu.

Luciano Quadros iniciou a carreira de treinador em São Paulo, com passagens pelo Linense, Marília e Audax. No Rio de Janeiro, ele comandou a Cabofriense, Audax-RJ, Sampaio Corrêa, clube que levou à seletiva da série A do Carioca neste ano e o Bonsucesso, onde conquistou o único título do clube na elite do futebol profissional, a Copa Rio de 2019.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos