Lucas Veríssimo cobra melhora na bola parada: 'Tomamos gols bestas'


O Santos voltou a sofrer com a bola parada na derrota por 2 a 1 para o São Paulo, neste sábado, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. O Peixe até foi para o intervalo ganhando, com gol de Arthur Gomes, mas, com um jogador a menos devido a expulsão de Jobson, o time foi pressionado pelo Tricolor, que buscou a virada com dois gols originados em lances de bola parada.

TABELA
> Confira como ficou a classificação do Campeonato Paulista

Após a partida, o zagueiro Lucas Veríssimo minimizou a importância da expulsão de Jobson e focou nos problemas que a equipe tem apresentado na bola parada.

- Na verdade, não (expulsão ter decidido o jogo). Tomamos dois gols bestas, de bola parada. Temos que corrigir isso, não é de hoje, já teve jogo que a gente tomou gol assim. Vamos conversar com o professor e corrigir isso, porque não pode, em um clássico, a gente perder com dois gols de bola parada - disse o zagueiro, na saída de campo, ao Canal "Premiere".

Depois da repercussão do seu desabafo cobrando mais valorização do presidente José Carlos Peres após o jogo contra o Delfin, pela Libertadores, no meio de semana, Lucas Veríssimo pediu para não falar sobre o assunto após a partida no Morumbi.







Com a derrota no clássico deste sábado, o Santos parou nos 15 pontos, mas se mantém na liderança do Grupo A do Campeonato Paulista. O Peixe volta a campo no próximo sábado, às 17h, quando recebe o Santo André, na Arena Barueri.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também