Lucas Paquetá se diz 'privilegiado' por jogar a Copa do Mundo: 'Sinônimo de felicidade'


Prestes a disputar a primeira Copa do Mundo de sua carreira, o meio-campista Lucas Paquetá comentou sobre a expectativa antes do torneio. Em entrevista à "Betway", o atleta da Seleção Brasileira afirmou ser um "privilegiado" por poder jogar a competição.


- Eu acho que a Copa do Mundo é sinônimo de felicidade para a gente, de emoção, de união... É onde o povo se encontra, se reúne para assistir o Brasil jogar, para comemorar, para apoiar. Então, eu me sinto privilegiado de estar fazendo parte disso porque eu já estive do outro lado - disse o camisa 7 do Brasil.

+ Veja a tabela, os jogos e os grupos da Copa do Mundo de 2022

Em 2018, Paquetá, à época no Flamengo, esteve na lista de suplentes de Tite, mas não foi ao Mundial da Rússia. O jogador comentou também sobre memórias da infância, de quando pintava e enfeitava as ruas antes do torneio da Fifa.

- Já torci, já pintei rua, já acordei cedo, de madrugada, para ver jogo, então eu sei o quanto é importante para todos eles e fico grato também pelo apoio e o carinho deles - completou.

+ Quem é melhor: Seleção do penta ou Seleção atual? Confira votação jogador por jogador feita pela redação do LANCE!

Até aqui, Lucas Paquetá disputou 35 jogos com a camisa da Seleção Brasileira, sendo 25 como titular, e marcou sete gols. O jogador de 25 anos esteve no elenco que conquistou a Copa América de 2019, disputada no Brasil.