Lucas Paquetá não deve seguir no Milan: Benfica e La Liga no horizonte

Goal.com

E Lucas Paquetá pode estar próximo de deixar o Milan. O jovem meia, contratado por 35 milhões de euros no final de 2018, não convenceu dentro de campo e, segundo o portal Tuttomercato, não deve ficar nos Rossoneri.

O problema é que o brasileiro também ainda não tem um destino certo: mesmo que clubes acenem com propostas e aparentem estar interessados, o ex-flamenguista ainda espera por outras equipes antes de tomar sua decisão.

Ainda de acordo com a publicação, a Fiorentina, também da Serie A italiana, já teria oferecido um contrato para Paquetá, mas foi recusada. O jogador não pretende ir para um clube que não disputa as primeiras posições na tabela, independente do país.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Assim, o atleta espera por propostas de clubes como o Valencia, da Espanha, e o Benfica, de Portugal, duas equipes que jogaram a Liga dos Campeões nesta temporada - e que são presença certa em competições europeias.

Em toda a sua carreira no clube italiano, Paquetá participou de 36 partidas, tendo marcado apenas um gol, diante do Cagliari, pela Serie A, em 10 de fevereiro de 2019. O atleta completou os 90 minutos em apenas três ocasiões e só foi titular uma vez em 2020.

Obviamente, em clubes como a Fiorentina o jogador teria mais oportunidades de ter uma sequência de partidas. Recentemente, a Viola teve brasileiros como Gerson (Flamengo), Pedro (emprestado ao Flamengo) e Vítor Hugo (Palmeiras).

No Benfica, poderia dividir um meio de campo com Pedrinho, recém-contratado do Corinthians pelos portugueses, e no Valencia, teria que suar para ganhar uma vaga em um setor que tem atletas como os promissores Carlos Soler e Ferrán Torres, além dos veteranos Daniel Wass e Dani Parejo.

Leia também